Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5939
Title in Portuguese: Avaliação de comunidades terapêuticas no Estado do Ceará em interface como Sistema Nacional de Políticas Públicas Sobre Drogas-SISNAD: uma abordagem para dependência química
Title: Evaluation of the therapeutic In Ceará in interface with the National Policy On Public Drugs-SISNAD: an approach to addiction
Author: Praxedes, Solange Maria Pinheiro
Advisor(s): Almeida, Paulo César de
Keywords: Comunidades terapêuticas - Política governamental - Ceará
Toxicômanos - Reabilitação - Política governamental - Ceará
Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas
Centro de Recuperação Leão de Judá Ceará
Desafio Jovem do Ceará
Casa Renata Couras
Issue Date: 2009
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Praxedes, S. M. P.; Almeida, P. C. (2009)
Abstract in Portuguese: Este trabalho trata sobre uma abordagem para dependência química. A pesquisa objetiva avaliar o modelo de tratamento em Comunidade Terapêutica no estado do Ceará em interface com o Sistema Nacional de Políticas Públicas - SISNAD, tomando como eixo de análise a aproximação deste modelo com o marco regulatório vigente no país. Tem como marco teórico os autores que discutem e teorizam sobre dependência química e essencialmente o referencial apresentado por De Leon. Foi realizado numa abordagem quantitativa e qualitativa, sendo o campo de estudo composto por três Comunidades Terapêuticas que mantêm parceria com a Secretaria de Saúde do Estado Ceará através de subvenção social. Os dados foram colhidos com a participação de 53 atores, incluindo profissionais e beneficiários, utilizando-se instrumentos de entrevistas semiestruturada com perguntas abertas e fechadas, entrevistas em profundidade com seis usuários do programa. Os dados quantitativos foram submetidos a tratamento descritivo e saturação, usando freqüência absoluta e relativa, tabela simples e indicadores de referência. Os qualitativos foram abordados com técnica de análises discursivas. Observamos que houve uma mudança na percepção do usuário de drogas e que só a partir deste reconhecimento, quando passaram a ser vistos como doentes e não como marginais, foi sendo colocada em pauta a necessidade de atenção pelo poder público. Consideramos que enquanto política pública indiscutivelmente este modelo de tratamento é legítimo, por outro lado, está longe do reconhecimento de ser um direito e da universalização previsto na Constituição Federal. Outra conclusão que chegamos foi que a dependência química atinge todas as classes sociais e que o adoecimento inicia com o uso de drogas lícitas ou maconha, contudo, a percepção que a doença está instalada, na grande maioria só é reconhecida quando chegam ao CracK. E ainda, para os dependentes químicos e profissionais, este modelo de tratamento responde as suas necessidades por ser um modelo de auto-ajuda e de vivência comunitária. O estudo destas Comunidades Terapêuticas revelou-nos que mesmo com a ausência estatal, essas instituições compreendem seus objetivos e missão, aproximando-se do modelo padrão.
Abstract: This work deals with the approach to the treatment of drug addictions and is aimed to evaluate the model of treatment implemented at the Rehabilitation Communities in the State of Ceará, in the framework of the National System of Public Policies – SISNAD, focusing on the analysis of this model in the light of the country´s regulatory framework in effect. The authors discuss the addiction to chemical substances, especially the theoretical content of De León. A quantitative and qualitative approach was applied to the study of three Rehab Communities working in partnership with the Secretary of Health of the State of Ceará through a social subsidy. Data were collected from 53 participants, including both working professionals and beneficiaries, by means of semi-structured interviews with open and closed questions, and deep interviews with six beneficiaries of the program. The quantitative data were submitted to a descriptive and saturation treatment, using an absolute and relative frequency, a simple table and indicators. The qualitative data were analyzed by the discursive analysis technique. We found that there was a change in the perception of the drug user and that only after such change occurs, i.e. when they are seen as patients and not as outlaws, the need for the public authorities to take care of them was put in place. We consider that although this policy is undoubtedly a legitimate model of treatment, on the other hand it is far from being considered a right to healthcare as provided by the Federal Constitution. We have concluded as well that drug addiction can be found in every social class and that such addiction starts with the use of licit drugs or marijuana, even though the very existence of such addiction is only acknowledged by most people when the addict begins to use crack. Furthermore, this model of treatment, in the eyes of both the professionals and drug addicts, meets their needs due to the fact that it is a self-help model and one that offers a community experience. This study showed that even in the absence of a public intervention the Community Rehab centers understand their goals and mission, thus getting close to the standard model.
Description: PRAXEDES, Solange Maria Pinheiro. Avaliação de comunidades terapêuticas no Estado do Ceará em interface como Sistema Nacional de Políticas Públicas Sobre Drogas-SISNAD: uma abordagem para dependência química. 2009. 158f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Avaliação de Políticas Públicas, Fortaleza (CE), 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5939
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:MAPP - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009-DIS-SMPPRAXEDES.pdf967,29 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.