Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/55802
Title in Portuguese: No alhures do sentido: reflexões sobre a tradução de Lacan no Brasil a partir de duas experiências tradutórias do Seminário 11
Author: Martins, Lia Bezerra
Advisor(s): Torres, Marie-Hélène Catherine
Keywords: Estudos da Tradução
Psicanálise
Lacan, Jacques-Marie Émile, 1901-1981
Colonialidade
Issue Date: 2020
Citation: MARTINS, Lia Bezerra. No alhures do sentido: reflexões sobre a tradução de Lacan no Brasil a partir de duas experiências tradutórias do Seminário 11. Orientadora: Marie-Hélène Catherine Torres. 2020. 106 f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Tradução) - Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução, Centro de Humanidades, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: A obra do psicanalista francês Jacques Lacan, que tem na descoberta freudiana seu ponto de partida e de chegada, constrói-se como um discurso de estilo fortemente marcado, permeado por neologismos, poliglossia, intertextualidade e mistura de registros, além de uma extrema manipulação sintática – características formais que, indissociáveis do conteúdo, impõem à tradução a necessidade de um trato particular. O trabalho aqui apresentado visa a explicitar, a partir de pesquisa bibliográfica, as implicações éticas, estéticas e epistêmicas do estilo lacaniano no âmbito da transmissão da psicanálise, para então discutir seus efeitos sobre o fazer tradutório, examinando, por meio de um estudo de caso comparativo, as estratégias adotadas por M.D. Magno e Claudia Berliner ao traduzir para o português brasileiro as cinco lições iniciais do Seminário 11. O foco da análise situa-se, sobretudo, na posição subjetiva assumida por cada tradutor em relação à alteridade da língua, especialmente considerando as implicações da colonialidade ao se traduzir de uma língua central a uma periférica. Investiga-se, dessa maneira, que fatores determinam o projeto ético e político de cada tradução, e de que forma as estratégias adotadas repercutem sobre a textura e a legibilidade do texto de Lacan em português brasileiro.
Abstract: The work of the French psychoanalyst Jacques Lacan, who takes the Freudian discovery as a point of departure and arrival, is constructed as a discourse of strongly marked style, full of neologisms, polyglossia, intertextuality and a mixture of registers, in addition to extreme syntactic manipulation – formal characteristics which, being inseparable from the content, impose on the translation the need for a particular treatment. The work presented here aims to explain, on the basis of a bibliographical research, the ethical, aesthetical and epistemic implications of the Lacanian style in the transmission of psychoanalysis, in order to discuss its effects on translation, examining, by means of a comparative case study, the strategies adopted by M.D. Magno and Claudia Berliner in the translation of the first five lessons of Seminar 11 into Brazilian Portuguese. The analysis focuses primarily on the subjective position assumed by each translator in relation to the otherness of language, particularly regarding the colonial implications of translating from a central language to a peripheral one. In such manner, the study examines which factors determine the ethical and political conception of each translation, and how the strategies adopted impact on the texture and readability of Lacan’s text in Brazilian Portuguese.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/55802
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:POET - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_dis_lbmartins.pdf801,09 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.