Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3186
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLeão, Andréa Borges-
dc.contributor.authorAlmeida, Nukácia Meyre Araújo-
dc.date.accessioned2012-07-12T11:11:54Z-
dc.date.available2012-07-12T11:11:54Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.citationALMEIDA, Nukácia Meyre Araújo . Jornal das Moças: leitura, civilidade e educação femininas (1932-1945). 2008. 261f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2008.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3186-
dc.description.abstractThe present paper aims at analyzing the way how a textual support, whose communicative purpose is not determining norms and orders, performs among social conventions that are, little by little, absorbed by women. The analysis starts from a point of view that assemblies the History of Reading perspective and follows, consequently, with the History of Education, Sociology - with a historical basis, Linguistics and Discourse Analysis. The support chosen as a research source was “ Jornal das Moças”, a female magazine published in Rio de Janeiro from 1914 to 1965. The corpus consists of the publications from 1932 to 1945. The concept of civility, or the group of adequately social behaviors, leads our description and the support analysis. The concepts of ethos and of incorporation grounds the discourse of civility’s analysis, one of the files presented in the magazine. The results of the support analysis confirm the conduct assignments considered adequate to women in the 30’s and 40’s. Some social roles such as mother, housewife, wife and tutor are reasserted through many discourse genres which appears along the magazine and through the iconography present in many of the magazine texts. The analyzed genres which are surrounded by the civility concept are the short story, advertisement, advisement, and articles. The ethé of beauty and of reservedness; abnegation; dedication; submission and health; and wisdom evocate, respectively, the figures of woman, mother, housewife, wife and best tutor. The incorporation of adequate behaviors to the social roles predicted for women is obtained through the utterer’s ethos assimilation, by the adhesion to the announced ideas and by the representation of others social actors built in the discourse.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherhttp://teses.ufc.brpt_BR
dc.subjectLeiturapt_BR
dc.subjectCivilidadept_BR
dc.subjectRevista Femininapt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectDiscurso da Civilidadept_BR
dc.subjectPeriódicos para mulheres - 1932-1945pt_BR
dc.subjectAnálise do discursopt_BR
dc.subjectMulheres - Livros e leitura - Brasil - 1932-1945pt_BR
dc.subjectMulheres - Brasil - Conduta - 1932-1945pt_BR
dc.subjectMulheres - Educação - Brasil - 1932-1945pt_BR
dc.subjectJornal das Moças(Revista)pt_BR
dc.titleJornal das Moças: leitura, civilidade e educação femininas (1932-1945).pt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.description.abstract-ptbrNeste trabalho, tem-se como objetivo analisar como um suporte textual, cujo propósito comunicativo não fosse determinar normas e injunções, age na propagação de normas sociais que pouco a pouco vão sendo assimiladas pela mulher. O exame se dá a partir de um ponto de vista que congrega o olhar da História da Leitura e, por consequência, da História da Educação, da Sociologia de base histórica, da Linguística e da Análise do Discurso. O suporte escolhido como fonte de pesquisa é a revista feminina Jornal das Moças, publicada durante o período de 1914 a 1965, no Rio de Janeiro. O corpus recortado compreende a publicação ocorrida entre os anos de 1932 a 1945. O conceito de civilidade, conjunto de comportamentos estabelecidos como adequados socialmente, norteia a descrição e análise do suporte. Os conceitos de ethos e de incorporação embasam a análise do discurso da civilidade, um dos arquivos presentes no Jornal das Moças. Os resultados da análise do suporte confirmam a prescrição de condutas tidas como adequadas à mulher nas décadas de 1930 e 1940. Os papéis sociais de mãe, dona-de-casa, esposa e educadora são reafirmados por intermédio dos vários gêneros do discurso que circulam na Revista e pela iconografia que acompanha muitos desses textos. Dentre os vários gêneros em que o discurso da civilidade investe, analisou-se o conto, anúncio publicitário, conselho e artigo de opinião. Nos textos, os ethé da beleza e do recato; da abnegação; da dedicação; da submissão e da saúde; e da sapiência evocam, respectivamente, as imagens de mulher, mãe, dona de casa, esposa e educadora dos filhos da pátria. A incorporação de condutas adequadas aos papéis sociais previstos para a mulher se dá pela assimilação do ethos do enunciador e pela adesão às ideias enunciadas e pelas representações de outros atores sociais construídas no discurso.pt_BR
dc.title.enJornal das Moças: reading, civility and female education (1932-1945)pt_BR
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_Tes_NMAAlmeida.pdf12,23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.