Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9767
Title in Portuguese: Análise da eficiência dos métodos dos momentos e da máxima verossimilhança na estimativa de parâmetros da distribuição gama II: uma abordagem probabilística
Author: Campos, José Nilson Beserra
Nascimento, Luiz Sérgio Vasconcelos do
Studart, Ticiana Marinho de Carvalho
Keywords: Método dos momentos
Método da máxima verossimilhança
Estimadores de parâmetros
Issue Date: 2003
Publisher: Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos
Citation: CAMPOS, J. N. B.; NASCIMENTO, L. S. V.; STUDART, T. M. C. Análise da eficiência dos métodos dos momentos e da máxima verossimilhança na estimativa de parâmetros da distribuição gama II: uma abordagem probabilística. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE RECURSOS HÍDRICOS, 15., 2003, Curitiba. Anais... Curitiba: Associação Brasileira de Recursos Hídricos, 2003. p. 1-10.
Abstract in Portuguese: Os métodos mais usuais para a estimativa de parâmetros de uma distribuição de probabilidades são os métodos dos momentos e da máxima verossimilhança. Uma vez os métodos citados não produzem, necessariamente, as mesmas estimativas, deve-se analisar em quais situações um ou outro se mostra o mais apropriado. O presente trabalho faz uma análise comparativa entre o desempenho de ambos na estimativa dos parâmetros da distribuição Gama II De um modo geral, observou-se que método da máxima verossimilhança deve ser o método adotado, principalmente quando o coeficiente de variação é alto e o tamanho da amostra, pequeno. Quando os valores de coeficiente de variação são pequenos (CV inferior a 0,3) ou quando o tamanho da amostra é grande, a diferença entre as estimativas feitas pelos dois métodos é insignificante.
Abstract: The two most commonly used methods for estimating the parameters of a probability distribution are the method of moments and the method of maximum likelihood. As the methods prior cited do not always produce the same estimates for the parameters, one must analyze the situations in which one or another is more appropriated. This paper compared the performance of both method in estimating Gama II parameters. Generally speaking, method of maximum likelihood should be preferred over the method of moments, specially when coefficient of variation is high and sample size is small. For low values of coefficient of variation a (CV less than 0.3) and for large sample size the difference between estimates made from both methods is negligible.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9767
Appears in Collections:DEHA - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003_eve_jnbcampos.pdf153,56 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.