Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7969
Title in Portuguese: Trabalho e educação profissionalizante do centro vocacional tecnológico (CVT) na comunidade de Umarizeiras, Maranguape-CE
Title: Vocational Education Center Vocational Technology (CVT) In Community Umarizeiras, Maranguape-CE
Author: Maciel, Paulo Henrique Freitas
Advisor(s): Sousa, Antonia de Abreu
Keywords: Education
Human capital theory
Educação para o trabalho – Umarizeiras(Maranguape,CE)
Ensino profissional – Umarizeiras(Maranguape,CE)
Capital humano – Umarizeiras(Maranguape,CE)
Centro Vocacional Tecnológico
Issue Date: 2013
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: MACIEL, Paulo Henrique Freitas. Trabalho e educação profissionalizante do centro vocacional tecnológico (CVT) na comunidade de Umarizeiras, Maranguape-CE. 2013. 123f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2013.
Abstract in Portuguese: Historicamente, verificamos a dualidade educacional em que temos uma formação voltada para as elites dirigentes e outra para os trabalhadores que atuam no processo de produção capitalista. No entanto, na expansão do capitalismo nas últimas quatro décadas, identificamos, assim como já tinha antecipado Karl Marx, a intensificação da substituição do trabalho vivo (o ser humano) pelo trabalho morto (as máquinas), ocasionando uma crise, pois o mercado já não absorve tantos trabalhadores no processo produtivo. O desemprego, portanto, é uma realidade que assusta até mesmo os organismos internacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU). Neste contexto, a empregabilidade, em um mundo sem emprego, e a teoria do capital humano surgem como novas formas de dominação social, internalizando no indivíduo a ideia de que é ele o responsável por sua situação econômica precária. Neste sentido, analisamos nesta pesquisa a formação de trabalhadores desencadeada pelo Centro Vocacional Tecnológico (CVT), por meio de cursos de formação inicial ou qualificação profissional na comunidade de Umarizeiras, distrito de Maranguape, município da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), apontando as contradições impostas pelo capitalismo contemporâneo, que limitam aquela atuação. A investigação foi realizada a partir da articulação de fontes orais, através de entrevistas com 13 (treze) moradores; e documentais: apostilas dos cursos disponibilizadas pelo CVT e o Estatuto da Associação de Moradores de Umarizeiras, o que nos permitiu colocar em evidência as contradições entre o discurso oficial e a realidade vivenciada pelos sujeitos envolvidos naquela formação. Os cursos ofertados pelo CVT àquela comunidade foram: processamento de polpas, criação de galinha caipira, E.V.A., informática, doces de frutas e associativismo. A maioria dos entrevistados já havia participado de um ou mais cursos, motivados pelo objetivo imediato da conquista de um emprego, fato que constatamos não se realizar; sobre os conhecimentos adquiridos nos cursos, raros são os que afirmam utilizarem em seu cotidiano. Conclui-se, portanto, que a oferta dos cursos cumpre mais um objetivo ideológico com a função de culpar o indivíduo pela sua situação econômica do que uma formação integral de ser humano, tendo o trabalho como princípio educativo.
Abstract: Historically, we can verify the educational duality in which we have a formation oriented to the ruling élite and another one oriented to the workers who act in the capitalist production process. However, the expansion of the capitalism in the last four decades, we identify, as Karl Marx had already previewed, the intensification of the substitution of the living work (the human being) for the dead work (machines), causing crisis, because the market doesn’t absorb so many workers in the production process. Therefore, the unemployment, is a reality that scares even the international organizations, like the United Nations (UN). In this context, the employability, in a world without jobs and the human capital theory emerge as new forms of social domination, internalizing in the individual the idea that he is the responsible for his precarious economic situation. In this regard, in this research we analyzed the formation of workers released by Centro Vocacional Tecnológico (CVT) – Technologic Vocational Center – through means of initial formation courses or professional qualification in the community of Umarizeiras, in Maranguape, town in the Metropolitan Region of Fortaleza, pointing contradictions imposed by the contemporary capitalism which limit that performance. The investigation took place with oral sources, through interviews with thirteen dwellers; and documents: booklets of the courses available by CVT and Estatuto da Associação de Moradores de Umazeira, which let us highlight the contradictions between the official speech and the reality lived by the subjects involved in that formation. The available courses by CVT to that community were fruit pulp process, chicken raising, E.V.A., computing, fruit sweets. All the interviewed subjects had already participated in one or more courses, motivated by the immediate objective of getting a job, fact that doesn´t really happen; about the knowledge acquired in the courses, it’s rare to find someone who uses it in the daily life. We conclude, therefore, that the offer of the courses achieves rather an ideological objective, targeting to blame the individuals for their economic situation than a whole formation of the human being, having work as the educational principle.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7969
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013-DIS-PHFMACIEL.pdf1,21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.