Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7555
Title in Portuguese: Onde mora a esperança? Um estudo das culturas juvenis no Jangurussu: as meninas do rap e os meninos de Deus
Title: Hope you live? A study of youth cultures in Jangurussu: the girls rap and Boys and Girls
Author: Pontes, Cícera de Andrade
Advisor(s): Linhares, Ângela Maria Bessa
Keywords: Culture
Violence
Artes e juventude - Jangurussu(Fortaleza,CE)
Identidade de gênero - Jangurussu(Fortaleza,CE)
Jovens e violência - Jangurussu(Fortaleza,CE)
Movimentos da juventude - Jangurussu(Fortaleza,CE)
Issue Date: 2013
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: PONTES, C. A.; LINHARES, A. M. B. (2013)
Abstract in Portuguese: O trabalho teve como objetivo analisar as experiências potencializadoras desenvolvidas pelos jovens e as jovens participantes dos grupos Meninas do Rap e Meninos e Meninas de Deus, do bairro Jangurussu, a partir de uma reflexão sobre os saberes e práticas no interior das culturas juvenis que nele fazem reverberar. Interessou-nos investigar em quais espaços cotidianos estariam ancorados os canais de potência, criatividade e expressão dessas juventudes em face a uma realidade de violência e exclusão social. Utilizou-se o método etnográfico com elementos próximos a uma cartografia, na qual o aspecto relacional entre pesquisadora e “objetos de pesquisa” são levados em conta, a partir de um caminho investigativo que primou pela observação participante no próprio cotidiano das juventudes. Para fins de investigação analisou-se a narrativa de dezoito jovens, sendo seis de cada grupo cultural pesquisado, além do contato com moradores e moradoras do bairro Jangurussu. Como resultados analisou-se as dimensões educativa, cultural, afetiva e socializadora como instâncias capazes de fomentar resistências e produções de sentido restituidoras do sonho e da esperança, e fortalecedoras da cultura juvenil do Jangurussu. Aspectos como o trabalho, a escola e a família são avaliados como importantes, funcionando como palcos de tensões e rupturas. O grupo se traduziu como potência de reorganização simbólica – interna e externa – com notada influência de uma socialidade com base nos afetos, na solidariedade, na amizade, ludicidade, no diálogo e acolhimento das diferenças. Percebeu-se uma ação educativa com forte elementos de uma auto formação, com relevantes implicações do ponto de vista de gênero, sinalizando para o surgimento de novas feminilidades e a criação de um corpo ressignificado, bem como novas redes de interação com o outro e com o bairro. No âmbito da cultura, comparecem práticas concretas formativas, tais como o futebol e o rap, demonstrando que os movimentos de experiência de si, se conectam e são fortalecidas por um trajeto educacional claro onde se plantam devires sociais a partir da formação dos sujeitos.
Abstract: This study aimed to analyze the experiences of empowerment developed by young people that take part in the groups: Meninas do Rap (Rap Girls) and Meninos e Meninas de Deus (Boys and Girls of God), from Jangurussu neighborhood with a reflection on the knowledge and practices within the youth culture that make reverberate in it. We used the ethnographic method with elements coming from a cartography, in which the relational aspect between researcher and "research subjects" are taken into account, from an investigative way that has excelled by a participant observation in the youths quotidian. For purposes of research we analyzed the narrative of eighteen youngs, six of each cultural group studied, in addition to contact with residents of the Jangurussu neighborhood. As results, we analyzed the educational, cultural, emotional and socializing dimensions as instances able to foster resistance and productions of meaning, to rescue the dream and hope, and empowering the youth culture in Jangurussu. As results we analyzed the dimensions educational, cultural, emotional and socializing as instances able to foster resistance and productions sense of dream and hope, and empowering the youth culture of Jangurussu. Aspects such as work, school and family are assessed as important, working as stage tensions and ruptures. The group is translated as power symbolic reorganization – internal and external – with noticeable influence of sociality based on affection, solidarity, friendship, playfulness, dialogue and acceptance of diferrences. This is an educational activity with strong elements a self training, with relevant implications in terms of gender, signaling the emergence of new femininities and the creation of a body reframed and new networks of interaction with each other and with the cultural bairro. Culture Under attend specific training practices, such as football and rap, demonstrating that the motions of experience itself, connect and are strengthened by a clear educational path where social becomings plant from the formation of the subject.
Description: PONTES, Cícera de Andrade. Onde mora a esperança? Um estudo das culturas juvenis no Jangurussu: as meninas do rap e os meninos de Deus. 2013. 245f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7555
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013-DIS-CAPONTES.pdf2,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.