Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7495
Title in Portuguese: Cultura organizacional e controle dos trabalhadores: estudo de uma fábrica de calçados no interior do Ceará
Title: Organizational culture and control over workers: study of the footwear industry in an provincial citiy of Ceará
Author: Silva, Antônio Valricélio Linhares da
Advisor(s): Arrais Neto, Enéas de Araújo
Keywords: Organizational culture
Control over workers
Trabalhadores da indústria de calçados – Ceará – Atitudes
Cultura organizacional – Ceará
Relações trabalhistas – Ceará
Alienação(Filosofia)
Issue Date: 2012
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: SILVA, Antônio Valricélio Linhares da. Cultura organizacional e controle dos trabalhadores: estudo de uma fábrica de calçados no interior do Ceará. 2012. 109f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2012.
Abstract in Portuguese: O estudo está centrado nas formas de exploração, alienação e controle sobre o novo operariado do setor de calçados no interior do Ceará e sua relação com a chamada acumulação flexível, tendo como centro da análise a cultura organizacional e as estratégias de controle adotadas por uma empresa proveniente do Sul do País, atraída por incentivos fiscais, mão de obra farta, de baixo custo e ainda em formação. Buscou-se testar a hipótese da heterogeneidade do modelo produtivo adotado pela empresa, em especial as relações de trabalho, questionando o discurso da flexibilidade em face do cotidiano vivenciado pelos operários; e, depois de uma análise crítica da categoria cultura organizacional voltou-se para a descrição e análise da cultura real materializada nas relações de trabalho, a fim de verificar, especialmente, se e como esta cultura se confirma como elemento relevante de conformação da classe, instrumento de controle do trabalho na empresa tomada como locus da pesquisa. Dadas às especificidades do objeto, rodeado de contradições, adotou-se o método histórico dialético, empreendendo uma pesquisa de caráter qualitativo, pois envolve a interpretação do fenômeno e atribuição de significado, fazendo uso da descrição para explicitar os elementos constituintes da produção, aspectos e estratégias da cultura organizacional, extraídos de publicações da empresa e de relatos dos operários. Quanto aos procedimentos, adotou-se o estudo de caso abordando o fenômeno em duas vertentes: uma direcionada ao paradigma reestruturação produtiva e à categoria Cultura organizacional; outra voltada para o estudo de caso da cultura organizacional, centrando-se na análise da cultura específica da fábrica, o que exigiu passar pelas relações de trabalho, que permitiram captar as contradições entre os valores e pressupostos formalmente assumidos pela empresa e as expressões concretas percebidas pelos operários no chão da fábrica. Tendou-se ver a hipótese das relações conservadoras na adaptação do processo produtivo ao modelo flexível e se seu caráter heterogêneo se confirma nas relações de trabalho da fábrica, ao passo que foram encontrados elementos para questionar a positividade da cultura organizacional desta empresa como fenômeno que busca o controle da subjetividade dos trabalhadores. Realizo-se algo pouco experimentado nos estudos sobre relações de trabalho: a descrição da uma cultura organizacional de um espaço fabril, seus limites e contradições num caso de uma empresa cuja instalação segue o modelo de industrialização tardia do Estado do Ceará.
Abstract: The study focuses on the forms of exploitation, alienation and control over the new working class of the footwear industry in the provincial cities of Ceará, and its relation to the flexible accumulation, with analysis centered in organizational culture and control strategies adopted by a company from the south of the country, attracted by tax incentives, and abundant inexpensive and still forming labor class. We tested the hypothesis of heterogeneity of the production model adopted by the company, in special labor relations, questioning the discourse of flexibility to meet daily experiences lived by workers; and, after a critical analysis of the organizational and cultural category, we described and analyzed the culture embodied in labor relations, verifying in particular, if this culture is a relevant element of class conformation, instrument of labor control in the company taken as a locus of research. Due to the object specificity, surrounded by contradictions, we adopted the historical and dialectic method, with a qualitative research because it involves interpretation of the phenomenon and attribution of significance, using this description to explain the elements of the production process, aspects and cultural and organizational strategies, compiled from company publications and reports of workers. We use the case study as proceeding and explored the phenomenon in two fields: one of them was directed to the productive restructuring paradigm, and to the category of organizational culture; and the other emphasizing the specific culture of the footwear factory, going through labor relations, and registering the contradictions between the values and assumptions formally assumed by the company with the expressions perceived by the workers. We try to see the hypothesis of conservative relationships in adaptation to the productive processes to the flexible model and its heterogeneous character was confirmed in labor relations into the factory, while we find evidence to question the positive organizational culture of this company as a phenomenon that seeks control subjectivity of workers. We did something little experienced in studies of labor relations: the a description of an organizational culture of a factory space, with limits and contradictions in the case of a company whose installations follows the model of recent industrialization of the State of Ceará.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7495
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012-DIS-AVLSILVA.pdf689,47 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.