Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7356
Title in Portuguese: Memórias organizativas do movimento negro cearense: algumas perspectivas e olhares das mulheres militantes, na década de oitenta
Title: Souvenirs organisationnelle mouvement noir Ceará: quelques perspectives et points de vue des militantes dans les années quatre-vingt
Author: Nascimento, Joelma Gentil do
Advisor(s): Petit, Sandra Haydée
Keywords: Mouvement noir dans le Ceara
Les femmes militantes
Negras - identidade racial - Fortaleza(CE)
Movimentos sociais - Fortaleza(CE)
Mulheres - Fortaleza(CE) - Atividades políticas
Mulheres - Educação - Fortaleza(CE)
Issue Date: 2012
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: NASCIMENTO, Joelma Gentil do. Memórias organizativas do movimento negro cearense: algumas perspectivas e olhares das mulheres militantes, na década de oitenta. 2012. 189f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2012.
Abstract in Portuguese: A dissertação objetiva contribuir com a discussão acerca de alguns aspectos organizativos do movimento negro no Ceará, na década de oitenta, do século XX. Com ênfase nas vozes das mulheres militantes. Tem como objetivo ainda ser mais uma contribuição para a análise acerca da construção do movimento negro contemporâneo no Ceará, evidenciando a capital. Buscamos também reunir e trazer à cena aspectos diversos de algumas daquelas organizações apresentadas mais proximamente pelas mulheres ali presentes. Na análise empreendida, atribuímos ênfase às vozes das mulheres que exerceram a função de lideranças no interior de diversas organizações sociais e foram nossas principais interlocutoras, no processo de construção do trabalho. A análise teórica foi conduzida à luz de pesquisadores/as que teorizam no âmbito dos movimentos sociais do gênero, com o recorte de raça, do movimento social negro e da memória coletiva. Como suporte documental básico, nos utilizamos de documentos diversos, tais como folder de divulgações, cartilhas e informativos. Todos elaborados pelos militantes da década estudada, no referido estado. Valemos-nos também de farto material fotográfico. Todos compõem acervos pessoais de grande parte dos entrevistados. Nesta pesquisa, tratamos das formulações políticas, as estratégias e respectivas formas de organização das entidades negras no Ceará. Notamos que entidades negras expandiram suas atuações por vários municípios do estado, num mesmo período em ampliações semelhantes ocorriam em outras regiões do território nacional. Ora por meio de pesquisa sobre a História da população negra no Ceará e outras vezes pela articulação de novos núcleos, as discussões e reflexões iam se fazendo presentes, na capital e para além desta. Durante o trabalho de campo, concluímos que o contemporâneo movimento negro cearense teve como força motriz o protagonismo das mulheres negras. Tal modelo ocorreu desde a constituição da primeira organização no estado às mobilizações e articulações que no decorrer da década de oitenta resultaram na criação de outras entidades. Pudemos perceber, também, inúmeras intervenções elaboradas pelo dinamismo destas mulheres, lideranças nos espaços educacionais formais e informais, que contribuíram com a redemocratização de parcela significativa dos meios de comunicação, bem como dos ambientes de socialização e de formação política. Palavras-chave: Movimento negro cearense. Mulheres militantes. Mulheres negras. Movimentos sociais negros.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7356
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012-DIS-JGNASCIMENTO.pdf1,89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.