Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/57371
Title in Portuguese: As influências da formação inicial universitária no Curso de Pedagogia da FACED/UFC para as práticas docentes de cuidado/educação na creche
Author: Ribeiro, Alessandra Gondim
Advisor(s): Cruz, Rosimeire Costa de Andrade
Keywords: Formação universitária de professoras
Educação Infantil
Creche
Educar/cuidar
Issue Date: 2020
Citation: RIBEIRO, Alessandra Gondim. As influências da formação inicial universitária no Curso de Pedagogia da FACED/UFC para as práticas docentes de cuidado/educação na creche. Orientadora: Rosimeire Costa de Andrade Cruz. 2020. 276 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: Esta dissertação resulta de um estudo qualitativo que buscou, principalmente, analisar a influência da formação universitária em Pedagogia da FACED/UFC para as práticas docentes de cuidado/educação com crianças bem pequenas no contexto da creche. Além disso, objetivou identificar as concepções das professoras de creche sobre as práticas de cuidado/educação; analisar os saberes oriundos da formação universitária mobilizados pelas docentes em suas ações com as crianças bem pequenas; e investigar as perspectivas das professoras sobre a influência da formação universitária para as suas práticas de cuidado/educação na creche. A investigação foi subsidiada, essencialmente, pelos estudos de Oliveira-Formosinho e Formosinho (2013; 2018); Kishimoto (1999; 2011); Haddad (1997; 1996); Machado (1998) e Tronto (2007) que tratam sobre a formação inicial universitária de professoras da educação infantil. Para a construção dos dados, foram utilizados as técnicas de entrevistas semiestruturada e de explicitação, videogravação, observação, autoscopia e consulta documental, das quais participaram duas professoras de creche, responsáveis por agrupamentos de crianças com dois e três anos de idade. Os registros foram realizados com o uso de diário de campo, gravador de voz, notas e câmera de vídeo. Os resultados da pesquisa evidenciaram que as professoras: compreendem que há ações ligadas predominantemente ao corpo e ao atendimento das necessidades fisiológicas, sendo estas rotuladas como “cuidado”, e ações tidas como pedagógicas, ligadas sobretudo à cognição e designadas como “educação”, considerando, portanto, a possibilidade de ora cuidar, ora educar; concebem o “cuidado” como mero trabalho braçal, atrelado à perspectiva instrumental (DALBOSCO, 2006), e a “educação” como algo restrito à instrução, ao ensino e à transmissão de informações. Nas práticas realizadas por essas profissionais foram identificados saberes - decorrentes de seus percursos pessoais, acadêmicos e profissionais - oriundos de três categorias: I) da experiência; II) da formação universitária e III) do cotidiano. A formação universitária, especificamente, parece “atravessar” as docentes de formas diferentes, o que foi visibilizado, sobretudo, pelas concepções de criança e de docência manifestadas por elas. Ao referirem-se ao curso de Pedagogia da FACED/UFC, apontam os componentes curriculares obrigatórios da área de educação infantil — disciplinas e estágio — como influenciadores de suas práticas. Além disso, enfatizam o papel das professoras responsáveis pelas disciplinas da referida área para as suas aprendizagens ao longo da formação universitária. Ambas as docentes, no entanto, indicam um desencontro entre os saberes oriundos da formação universitária e aqueles mobilizados no cotidiano da instituição de educação infantil em que trabalham. Assim, o exercício da docência foi apontado como a principal fonte de saberes para o desenvolvimento das práticas de cuidado/educação com as crianças bem pequenas. Os resultados denotam que a formação inicial universitária oferecida pelo curso de Pedagogia da FACED/UFC encontra-se, ainda, distante de cumprir o seu objetivo de proporcionar o repertório de saberes amplos e específicos (SOUZA; KRAMER, 1992; CRUZ, 1996) necessários para que as professoras promovam práticas de cuidado/educação de qualidade com as crianças bem pequenas no contexto da creche. Mesmo que não fosse o seu propósito, a discussão da temática enfocada por esta pesquisa, ainda pouco explorada, poderá colaborar com a reflexão das docentes acerca do seu trabalho e impulsionar reflexões nas instituições formadoras sobre as repercussões dos seus subsídios para as práticas docentes de cuidado/educação nas creches.
Abstract: This dissertation is the result of a qualitative study that aimed, mainly, to analyze the influence of FACED/UFC's university education in Pedagogy for teaching practices of care/education with very young children in the context of daycare. Also, it aimed to identify the conceptions of daycare teachers about the practices of care/education; to analyze the knowledge coming from the university education mobilized by teachers in their actions with very young children, and to investigate the perspectives of teachers about the influence of university education for their practices of care/education in daycare. The investigation was subsidized, essentially, by the studies of Oliveira-Formosinho and Formosinho (2013; 2018); Kishimoto (1999; 2011); Haddad (1997; 1996); Machado (1998), and Tronto (2007) that deal with the initial university education of teachers of early childhood education. For the construction of the data, the techniques of semi-structured interviews and explanation, video recording, observation, autoscopy, and documentary consultation were utilized, in which two daycare teachers participated, responsible for groups of children with two and three years old. The records were made using a field journal, voice recorder, notes, and video camera. The results of the research showed that teachers: understand that there are actions strictly linked to the body and to meet physiological needs, which are labeled as "care", and actions taken as pedagogical, linked only to cognition and designated as "education", considering, therefore, the possibility of either caring or educating; conceive of "care" as mere manual labor, linked to the instrumental perspective (DALBOSCO, 2006), and "education" as something restricted to instruction, teaching, and the transmission of information. In the practices carried out by these professionals, knowledge was identified - deriving from their personal, academic, and professional careers - from three categories: I) from experience; II) from university education and III) from daily life. The university education, specifically, seems to "cross over" the teachers in different ways, which was made visible, above all, by their conceptions of children and teaching. When referring to the FACED/UFC Pedagogy course, they point out the obligatory curricular components of the early childhood education area - subjects and internship - as influencing their practices. Besides, they emphasize the role of the teachers responsible for the disciplines in that area for their learning throughout their university education. Both teachers, however, indicate a mismatch between the knowledge coming from university education and that mobilized in the daily life of the institution of early childhood education in which they work. Thus, the teaching exercise was pointed out as the main source of knowledge for the development of care/education practices with very young children. The results show that the initial university education offered by the FACED/UFC Pedagogy course is still far from fulfilling its objective of providing the repertoire of broad and specific knowledge (SOUZA; KRAMER, 1992; CRUZ, 1996) necessary for teachers to promote quality care/education practices with very young children in the context of daycare. . Even if it were not for its purpose, the discussion of the theme focused by this research, still little explored, could collaborate with the reflection of the teachers about their work and stimulate reflections in the formative institutions on the repercussions of their subsidies for the teaching practices of care/education in the day-care centers.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/57371
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_dis_agribeiro.pdf6,35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.