Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56862
Title in Portuguese: A educação do trabalhador frente as exigências do capital em crise: em foco a particularidade brasileira
Author: Lima, Felipe Augusto Alves Correia
Advisor(s): Carmo, Francisca Maurilene do
Keywords: Trabalho
Ontologia
Crise estrutural do capital
Qualificação profissional
Desemprego
Issue Date: 2020
Citation: LIMA, Felipe Augusto Alves Correia. A educação do trabalhador frente as exigências do capital em crise: em foco a particularidade brasileira. Orientadora: Francisca Maurilene do Carmo. 2020. 110 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: O trabalho, enquanto categoria ontológica, tal qual fora resgatado por Gyorgy Lukács, a partir das obras de Karl Marx, assume outro caráter, na atual forma de sociabilidade. Partindo dessa perspectiva, esta pesquisa tem como objetivo analisar como a educação profissional do trabalhador brasileiro, atravessado pelo fluxo contínuo da lógica do capital, no período de 2009 a 2020 tem reverberado nos trabalhadores. Isso, porque, no Brasil e no mundo, o quadro social, político e econômico expressa as diferentes nuances da crise do capital, que teve, a crise financeira do sistema imobiliário norte-americano (2008), como uma das formas de suas expressões fenomênicas. Esta crise, tardiamente chega ao Brasil, de modo mais contundentes em 2014, afetando sobremaneira o mercado de trabalho nacionalmente. Nessa perspectiva, temos como objetivo pesquisar a formação disponibilizada ao trabalhador brasileiro, realizando um resgate histórico de como a qualificação profissional vem, principalmente, no período proposto, formando para o desemprego. Assim, nos apoiaremos em Marx, particularmente no Capital, bem como, em importantes interpretes do pensamento marxiano, a exemplo de Lukács, para compreender a categoria trabalho, tanto no seu sentido ontológico, como na perspectiva do trabalho alienado. Mészaros, por sua vez, nos fornecerá os elementos para compreensão das crises cada vez mais crescentes do sistema do capital. Utilizaremos autores contemporâneos para entendermos a lógica que preside a formação do novo operariado alicerçada em no pseudoconceitos da empregabilidade. Compreendemos que desde a última crise, as taxas de desemprego vêm aumentando de forma cada vez mais acentuadas com o passar dos anos, tendendo a aumentar, principalmente, a partir do ano de 2020, ano em que teve início a crise pandêmica do novo coronavírus. Tal contexto, repele a busca por cursos de qualificação profissional, pois em um mercado cada vez mais imprevisível, os indivíduos perdem a confiança nos cursos, por medo de não serem contratados. Ademais, vislumbramos horizontes de emancipação humana, projeto em interdição no contexto da atual forma de sociabilidade.
Abstract: Work, as an ontological category, as rescued by Gyorgy Lukács, from the works of Karl Marx, takes on another character, in the current form of sociability. From this perspective, this research aims to analyze how the professional education of Brazilian workers, crossed by the continuous flow of capital logic, in the period from 2009 to 2020 has reverberated in workers. This is because, in Brazil and in the world, the social, political and economic framework expresses the different nuances of the capital crisis, which had the financial crisis of the American real estate system (2008), as one of the forms of its phenomenal expressions. This crisis later arrived in Brazil, in a more forceful way in 2014, affecting the labor market nationally. In this perspective, we aim to research the training made available to Brazilian workers, making a historical recovery of how professional qualification comes, mainly, in the proposed period, educating for unemployment. Thus, we will rely on Marx, particularly in Capital, as well as in important interpreters of Marxist thought, such as Lukács, to understand the category of work, both in its ontological sense and in the perspective of alienated work. Mészaros, in turn, will provide us with the elements for understanding the increasingly growing crises of the capital system. We will use contemporary authors to understand the logic that guides the training of new workers based on employability pseudo-concepts. We understand that since the last crisis, unemployment rates have increased more and more sharply over the years, tending to increase, mainly, from the year 2020, the year in which the pandemic crisis of the new coronavirus began. This context distances the search for professional qualification courses, because in an increasingly unpredictable market, individuals lose confidence in the courses, as they fear not being hired. In addition, we envision horizons of human emancipation, a project currently paralyzed within the context of the current form of sociability.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56862
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_dis_faaclima.pdf1,6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.