Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51749
Title in Portuguese: Estudo das propostas de produção textual escrita dos livros didáticos de língua portuguesa do ensino fundamental anos finais de 1960 a 2020
Author: Lessa Neta, Benigna Soares
Advisor(s): Serafim, Mônica de Souza
Keywords: Ensino Fundamental Anos Finais
Produção Textual Escrita
Documentos Oficiais de Ensino
Livros Didáticos de Língua Portuguesa
Issue Date: 2020
Citation: LESSA NETA, Benigna Soares. Estudo das propostas de produção textual escrita dos livros didáticos de língua portuguesa do ensino fundamental anos finais de 1960 a 2020. 2020. 177f - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2020.
Abstract in Portuguese: As propostas de produção textual escrita nos livros didáticos de Língua Portuguesa passaram por profundas mudanças terminológicas, conceituais, estruturais e metodológicas ao longo do tempo. Tendo em vista essas mudanças, o presente estudo teve como objetivo geral investigar o tratamento dado à produção textual escrita nos livros didáticos de Língua Portuguesa do Ensino Fundamental Anos Finais nos últimos setenta anos e sua correlação com os documentos oficiais de ensino produzidos ao longo desse período. Nossa fundamentação teórica foi essencialmente composta por autores que tratam da questão do ensino de produção textual escrita, ora como produto ora como processo, e da concepção de língua e de texto presentes nos livros didáticos de Língua Portuguesa, tais como Hayes e Flower (1980), Geraldi (1997), Kato (2001), Reinaldo (2001), Marcuschi (2001), Vieira (2005), Leal (2008), Val (2009), dentre outros autores. No que diz respeito aos procedimentos metodológicos, foram analisadas 14 propostas de produção textual escrita, presentes em livros didáticos anteriores e posteriores à publicação dos PCN, tendo como base duas dimensões de análise: uma voltada para o contexto, discutindo: a) os aspectos sócio-históricos do período em que as propostas de produção textual foram escritas; b) a corrente linguística; c) as concepções de língua e de texto predominantes, e d) os documentos oficiais balizadores; e outra, mais focada no ensino em si, observando: a) a concepção de ensino de produção textual escrita subjacente a essas propostas; b) seus temas; c) suas motivações e d) a estrutura de seus enunciados. Os resultados revelaram que as propostas de produção textual escrita elaboradas antes da publicação dos PCN adotavam uma concepção de ensino vertical, em que a língua era tida ora como código ora como representação do pensamento, e as produções textuais eram vistas essencialmente como produto; nas propostas produzidas durante o período de transição, foi possível percebermos mudanças incipientes na concepção de ensino de produção textual escrita; e, nas propostas elaboradas após a publicação dos PCN, período em que vigora uma concepção de língua como instrumento de interação humana, as propostas, de uma maneira geral, apresentam-se numa perspectiva de processo, atendendo às etapas de planejamento, elaboração, revisão, avaliação, refacção e publicação, assim como também às suas condições de produção: finalidade, especificidade do gênero, suporte, lugares preferenciais de circulação e interlocutor.
Abstract: The written text production assignments in Portuguese textbooks have undergone profound terminological, conceptual, structural and methodological changes over time. In view of these changes, this study aimed to investigate the approach to written text production in middle school textbooks in the last seventy years and its correlation with the official educational documents produced throughout that period. Our theoretical background was essentially based on researches that deal with the teaching of written text production, either as a product or as a process, as well as the concepts of language and text in Portuguese textbooks, developed by researchers such as Hayes and Flower (1980), Geraldi (1997), Kato (2001), Reinaldo (2001), Marcuschi (2001), Vieira (2005), Leal (2008), Val (2009), among other authors. Regarding methodological procedures, 14 approaches to written text production found in textbooks before and after the publication of the NCP were analysed, based on two dimensions of analysis: the first, focused on context, took into account: a) the socio-historical aspects of the period in which the approaches to text production were written; b) the linguistic area; c) the prevailing concepts of language and text, and d) the official documents that supply the foundations; the second, more focused on teaching itself, considered: a) the concept of teaching written text production underlying these approaches; b) its themes; c) its motivations, and d) the structure of its statements. The results revealed that the approaches to written text production developed before the publication of the NCP were based on a conception of vertical teaching, through which language was seen either as a code or as a representation of thought, and text production was seen essentially as a product; in the approaches developed during the transition period, we could notice small initial changes in the concepts of teaching written text production; finally, in the approaches elaborated after the publication of the NCP, a time when a concept of language as an instrument of human interaction is in voga, the approaches, in general, are presented from a process perspective, taking into account the stages of planning, development, editing, assessment, rewriting and publication, as well as aspects of their production status: purpose, genre specificity, medium, target audience and readership.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51749
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGL - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_tese_bslneta.pdf11,03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.