Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49484
Title in Portuguese: Arte-educação e o ensino de química: o papel educativo da música
Title: Art education and chemistry teaching: the educational role of music
Author: Paiva, Jackson Alves Rodrigues
Advisor(s): Lima, Isaias Batista
Keywords: Música na educação
Química - Música
Química - Estudo e ensino
Issue Date: 6-Aug-2019
Citation: PAIVA, Jackson Alves Rodrigues. Arte-educação e o ensino de química: o papel educativo da música. 2019. 128 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: O ensino de Química tem sido historicamente marcado pela acusação de ser difícil e de ter pouca ou nenhuma utilidade para a vida cotidiana dos estudantes. Entretanto, tal percepção só pode ser amparada no preconceito cognitivo, em grande medida, fruto de um ensino caracterizado como livresco, conteudista e, portanto, repassador de um conteúdo baseado na memorização e na resolução de exercício, com pouco ou nenhum vínculo com o cotidiano dos discentes. Contudo, é preciso deixar claro que o ensino de Química pode ser efetivado de modo atrativo, prazeroso e numa linguagem capaz de fustigar a curiosidade dos alunos, tornando o seu ensino cativante, estimulante e emotivo através da linguagem universal da música. Logo, a questão de pesquisa assim se apresenta: Em que medida o uso da música como recurso didático promove a melhoria do ensino de Química no ensino médio? Essa pesquisa partiu da hipótese de que a música, como recurso didático, potencializa a melhoria do ensino dos conteúdos de Química no ensino médio. Assim, o objetivo geral desse trabalho consiste em analisar a música como recurso didático na melhoria do ensino de Química no ensino médio. Deste objetivo geral, resultam os seguintes objetivos específicos: analisar a relação da estética com o a educação e o ensino; explicitar a relação entre a arte, a educação e o ensino; analisar o papel educativo da música no ensino de química. A música como recurso didático no ensino de química, consiste numa mídia contendo músicas autorais, em que os principais tópicos químicos são apresentados em formato musical, com diversos gêneros para auxiliar professores e estudantes, no estudo da Química de forma mais lúdica. O acervo dessas mídias consiste no produto educacional. Esta pesquisa assume a forma de uma análise qualitativa, utilizando-se dos métodos dedutivo e indutivo. Como técnicas de coleta de dados, foram aplicados dois questionários como pré-teste e pós-teste. Além disso, foi utilizado diário de campo e uma entrevista semiestruturada com vistas à subsidiar a análise qualitativa. Os sujeitos da pesquisa são 44 estudantes da 3ª série do Ensino Médio de uma Escola Estadual de Ensino Profissionalizante do Curso de Administração, localizada no município de Caucaia no estado do Ceará. A pesquisa partiu da hipótese de que o uso da música, como recurso didático, promove a melhoria do ensino de Química de forma lúdica, estimulando o prazer pelas aulas de Química. A pesquisa teve como resultado a ratificação de que o emprego da musicalização de temas químicos, não só promoveu aulas mais participativas e interativas dos estudantes com a disciplina de Química, mas também modificou a visão distorcida que muitos discentes possuíam desta disciplina, em tê-la como a “mais odiada” no ensino médio, sendo eficaz no que se refere a ludicidade, dinamismo e criatividade, tornando o aprender químico mais prazeroso.
Abstract: The teaching of chemistry has been historically marked by the accusation of being difficult and of having little or no use for the daily life of the students. However, such perception can only be supported by cognitive prejudice, especially as a result of a teaching characterized as bookish, content based on memorization and resolution of exercise, with little or no link with the daily life of the students. However, it must be made clear that the teaching of Chemistry can be carried out in an attractive, pleasant and language capable of stimulating students' curiosity, making their teaching captivating, stimulating and emotional through the universal language of music. Therefore, the question of research thus appears: To what extent does the use of music as a didactic resource promote the improvement of Chemistry teaching in high school? This research started from the hypothesis that music, as didactic resource, potentiates the improvement of the teaching of the contents of Chemistry in high school. Thus, thegeneral objective of this work is to analyze music as didactic resource in the improvement of the teaching of Chemistry in high school. From this general objective, the following specific objectives result: to analyze the relationship between aesthetics and education and teaching; to explain the relationship between art, education and teaching; to analyze the educational role of music in teaching chemistry. Music as a didactic resource in chemistry teaching consistsof a media containing copyrighted songs,in which the main chemicals topics are presented in musical format, with different musical genres, to help teachers and students to study chemistry in a more playful way. The collection of these media consists of the educational product. This research takes the form of a qualitative analysis, using the deductive and inductive methods. As data collection techniques, twoquestionnaires were applied as pre-test and post-test. In addition, a field diary and a semi-structured interview were used to support the qualitative analysis. The subjects of the research are 44 students from the 3rd series of the Administration Course of a State School of Vocational Education, located in the municipality of Caucaia in the state of Ceará.The research resulted in the ratification that the use of musicalization of chemical themes not only promoted more participatory and interactive classes of students with the discipline of Chemistry, but also modified the distorted view that many students had of this discipline, to have it as the "most hated" in high school, being effective with regard to playfulness, dynamism and creativity, making learning chemistry more enjoyable.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49484
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:ENCIMA - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_pe_jarpaiva.pdf2,48 MBAdobe PDFView/Open
2019_dis_jarpaiva.pdf4,2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.