Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49194
Title in Portuguese: Ensaios sobre desemprego involuntário, seguro-desemprego e salário de reinserção no Brasil urbano e rural
Author: Amorim, Domingos Isaias Maia
Advisor(s): Tabosa, Francisco José Silva
Co-advisor(s): Araujo, Jair Andrade de
Keywords: Mercado de trabalho
Desemprego involuntário
Logit
Seguro-desemprego
Regressão com descontinuidade
Salário de reinserção
Issue Date: 2019
Citation: AMORIM, D. I. M. Ensaios sobre desemprego involuntário, seguro-desemprego e salário de reinserção no Brasil urbano e rural. 2019. 64 f. Dissertação (Mestrado em Economia Rural) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: A presente dissertação é composta por dois ensaios que exploram matérias sobre o desemprego involuntário, seguro-desemprego e salário de reinserção no Brasil urbano e rural. O primeiro, intitulado Condicionantes do desemprego involuntário no Brasil, contém este tema, abordado amplamente na literatura pela óptica macroeconômica, porém, pela óptica microeconomia, a literatura ainda é bastante jovem, observando-se que existem poucos trabalhos relacionados a desemprego involuntário. Desse modo, o objetivo da mencionada investigação é estudar os condicionantes do desemprego involuntário no Brasil e verificar a existência de uma possível discriminação dentro do mercado. Para atingir esse objetivo - encontrar os condicionantes microeconômicos que influenciam para o desemprego involuntário - utilizou-se um modelo Logit, elegido com base em alguns testes de seleção, aplicando em dados extraídos dos microdados da PNAD 2015. Dentre os principais resultados, constatou-se que homens mais jovens, moradores de zona rural, e que possuem maior grau de instrução, tendem a estar menos na condição de desemprego involuntário. Por outro lado, analisando os efeitos marginais das variáveis raça e estado civil, estes confirmam os padrões observados na literatura, na qual está explícito que pessoas não brancas e solteiras têm maior probabilidade de desemprego do que as brancas, o que sugere uma discriminação racial nas práticas de contratação dos empregadores. O segundo ensaio - Salário de reinserção no mercado de trabalho brasileiro com suporte no Programa Seguro-Desemprego - fornece novas estimativas do efeito do Programa Seguro-Desemprego brasileiro, desagregando-o em área urbana e rural, usando-se dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) sobre pessoas no ano de 2015. Aplicou-se para a análise empírica o Método de Regressão Descontínua, adicionado de covariadas e balanceado por entropia. O objetivo é averiguar se existe efeito do benefício no salário de reinserção e se ele possui relação positiva, partindo dos referenciais teóricos da Teoria do Capital Humano e da oferta de trabalho. Dentre os principais resultados encontrados, detectou-se o fato de que o Programa não exerce nenhuma alteração significante no salário de reinserção, exceto para o meio rural. Constatou-se, ainda, que os homens recebem um salário de reinserção menor do que o das mulheres e que a região Nordeste é detentora dos melhores salários de reinserção.
Abstract: This dissertation consists of two essays that explore issues about involuntary unemployment, unemployment insurance and reintegration salary in urban and rural Brazil. The first essay, entitled "Conditioning factors of involuntary unemployment in Brazil", addresses unemployment that is a theme that has been addressed widely in the literature from the macroeconomic perspective, but from the microeconomy perspective the literature is still quite young, there are few studies related to involuntary unemployment on this point. Thus, the aim of this first essay is to study the constraints of involuntary unemployment in Brazil and investigate the existence of possible discrimination within the market. To achieve this goal, to find the microeconomic constraints that influence involuntary unemployment, a Logit model was used, elected from some selection tests applying in data extracted from the microdata of PNAD 2015. Among the main results, it was found that younger men, rural residents, and who have a higher level of education, try to be less in the condition of involuntary unemployment. On the other hand, analyzing the marginal effects of the variables race and marital status confirm the patterns observed in the literature, where non-white and/or single individuals are more likely to be unemployment than whites, which suggests discrimination in employers' hiring practices. The second essay, "Salary of reintegration into the Brazilian labor market from the Unemployment Insurance Program", provides new estimates of the effect of the Brazilian Unemployment Insurance Program by disaggregating it in urban and rural areas, using Research data National by Household Sample (PNAD) on individuals in 2015, applying for empirical analysis the Discontinuous Regression method, added covariate and balanced by entropy. The objective is to ascertain whether there is an effect of the benefit on the reinsertion salary and whether it has a positive relationship, starting from the theoretical references of human capital theory and the job offer. Among the main results found, the program does not make any significant changes in the reinsertion salary, excerpt for the rural environment. It was also found that men receive a lower reintegration salary than women and that the Northeast region holds the best reintegration wages.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49194
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DEA - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_diss_dinamorim.pdf759,33 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.