Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44773
Title in Portuguese: A insurgência do maravilhoso na fotografia contemporânea: notas sobre o antropozoomorfismo, uma manifestação em imagens
Author: Monteiro, Taís Marques
Advisor(s): Reis Filho, Osmar Gonçalves dos
Keywords: Fotografia
Maravilhoso
Antropozoomorfismo
Issue Date: 2019
Citation: MONTEIRO, Taís Marques. A insurgência do maravilhoso na fotografia contemporânea: notas sobre o antropozoomorfismo, uma manifestação em imagens. 2019. 120f. – Dissertação (mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, Programa de Pós-graduação em Comunicação, Fortaleza(CE), 2019.
Abstract in Portuguese: Nesta dissertação, percebemos nas imagens de um grupo de fotógrafos latino-americanos contemporâneos, Flor Garduño, Graciela Iturbide, Marcos López, Rodrigo Braga e Sofia Borges, os encontros possíveis com o maravilhoso. O maravilhoso é uma faculdade criativa de aceitação dos fenômenos não explicáveis racionalmente que insurgem no cotidiano nas Américas Latinas. Como método, construímos montagens intuitivas de pranchas que aproximam, pelo ritmo e sensibilidade, as fotografias. Concomitantemente, com um olhar micrológico, buscamos rastros epistemológicos na visualidade das fotografias, descritas de forma sensorial e fenomenológica. Pensamos as questões da fotografia contemporânea relacionadas a concepção de criação de mundos e de encenação ficcional, próximos a Phillipe Dubois, Georges Didi-Huberman, André Rouillé, Ronaldo Entler e Susan Sontag. Já as questões relacionadas ao maravilhoso irrompem a partir do pensamento de Irlemar Chiampi, Alejo Carpentier, Tzevan Todorov, entre outros teóricos. O antropozoomorfismo, manifestação do maravilhoso na fotografia, se delineia como linha de força que provoca o surgimento de fagulhas de conhecimento a partir dos indícios que se mostram nas imagens fotográficas.
Abstract: In this dissertation, we perceive in the images of a group of contemporary Latin American photographers, Flor Garduño, Graciela Iturbide, Marcos López, Rodrigo Braga and Sofia Borges, the possible encounters with the marvelous, creative faculty of acceptance of the rationally unexplainable phenomena that in Latin America. As a method, we construct intuitive assemblies of planks that approximate, by rhythm and sensitivity, the photographs. Concomitantly, with a micrological look, we look for epistemological traces in the visuality of the photographs, described in a sensorial and phenomenological way. We think about the issues of contemporary photography related to the conception of creation of worlds and of fiction, close to Phillipe Dubois, Georges Didi-Huberman, André Rouillé, Ronaldo Entler and Susan Sontag. The questions related to the marvelous erupt from the thought of Irlemar Chiampi, Alejo Carpentier, Tzevan Todorov, among other theorists. The anthropozoomorphism, a manifestation of the marvelous in photography, is delineated as a line of force that provokes the appearance of sparks of knowledge from the evidence that is shown in the photographic images
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44773
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGCOM - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_tmmonteiro.pdf4,59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.