Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39782
Title in Portuguese: Essays on inequality : dynamics of income, wages under crisis and human development
Author: Saraiva, Tiago Almeida
Advisor(s): Linhares, Fabrício Carneiro
Keywords: Desigualdade de renda
Desenvolvimento humano
Dinâmica salarial
Issue Date: 2018
Citation: SARAIVA, Tiago Almeida. Essays on inequality : dynamics of income, wages under crisis and human development. 102f. Tese (Doutorado) - FEAAC - Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade - CAEN - Programa de Pós-Graduação em Economia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Esta tese é composta de ensaios sobre a dinâmica da renda e desenvolvimento humano. No primeiro Capítulo, investigamos a dinâmica da desigualdade de renda entre os estados brasileiros aplicando o Modelo Bayesiano de Fatores Dinâmicos descrito em Otrok e Whiteman (1998) e Kose et al. (2003) para seis medidas de desigualdade no período 1976-2014. Nossos resultados indicam que o fator nacional responde por 12,8% dos co-movimentos das medidas de desigualdade; os estados mais ricos - e menos desiguais - estão mais expostos ao fator nacional. Empregamos um VECM para investigar a relação entre a flutuação macroeconômica e o fator nacional, e nossos resultados mostram que a macroeconomia Granger causa o fator nacional. O segundo capítulo avalia o impacto distributivo das recentes crises brasileiras de 2014-2015 e 2008-2009 sobre os salários, utilizando o procedimento de decomposição proposto por Rothe (2015). É um exercício interessante, pois essas crises tinham vários aspectos bem distintos. Apesar das diferenças, o efeito de estrutura sempre foi negativo para o quantil mais rico durante a crise. Essa constatação indica que os trabalhadores mais qualificados (e melhor remunerados) são um pouco mais sensíveis a choques salariais, provavelmente resultado de uma menor rigidez salarial no topo da distribuição salarial. Por outro lado, o efeito de composição atua na direção oposta, compensando parte do efeito estrutura negativo. Finalmente, no último capítulo, propomos um indicador semelhante ao índice de desenvolvimento humano (IDH) do PNUD. O novo índice tem as mesmas três dimensões que o PNUD-IDH, mas incluímos novas variáveis para tornar o IDH-BR mais responsivo e mais capaz de capturar os desafios brasileiros no desenvolvimento humano. A análise fatorial foi utilizada para atribuir pesos a cada variável em cada sub-índice, melhorando a qualidade técnica do IDH-BR. As scores captaram grandes diferenças regionais em termos de desenvolvimento humano entre as regiões e estados brasileiros.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39782
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:CAEN - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_tasaraiva.pdf.pdf2,06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.