Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37857
Title in Portuguese: Técnica e formação humana em Marx
Author: Almeida, Edgley Pinho de
Advisor(s): Chagas, Eduardo Ferreira
Keywords: Formação humana
Humanidade - história
Trabalho
Issue Date: 2018
Citation: ALMEIDA, Edgley Pinho de. Técnica e formação humana em Marx - UFC. 2018. 80f. - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: A história da humanidade se desenvolve baseada na luta pela sobrevivência da espécie humana, estando ligada à produção material de sua existência. O ser humano nasce da natureza e irá se realizar em sua atividade prática e produtiva, ele possui necessidades e desejos, surge da natureza e pertence a ela, trabalhando, produzindo e criando (MARX, 2013). O presente trabalho tem como objetivo problematizar as concepções que norteiam a questão de como a formação humana foi desenvolvida e influenciada através da categoria trabalho ao longo do tempo com a utilização e implantação de inovações técnicas em todo o seu processo produtivo, impactando diretamente nas relações sociais. O capital diante de sua crise, tenta se legitimar através de falsas ideologias em um cenário neoliberal onde o trabalhador cada vez mais não se enxerga no processo produtivo ao qual faz parte e torna-se mais dependente e inerte perante as classes dominantes com o passar dos tempos. As novas formas pelas quais o capital inclui o trabalhador, subjetivamente e objetivamente, têm provocado transformações profundas nas relações sociais e de trabalho. O trabalho é a base da existência humana, aonde os homens irão se caracterizar como tais na medida em que produzem e dão continuidade a sua própria existência (MARX; ENGELS,2007). Ao longo dos tempos a sociedade se estrutura em função da maneira como organiza o processo de produção da existência humana, desta forma o processo de hominização está intimamente ligado ao trabalho e as técnicas e ferramentas empregadas para tal fim. O trabalho é compreendido como ação humana na natureza e nos universos histórico-social, comercial, tecnológico e cultural, ocupando na sociedade moderna lugar central no conjunto das atividades humanas. Desta forma a pesquisa desenvolvida tem como objetivo analisar as concepções de trabalho e a inserção da técnica ao longo da história no modo de produção capitalista e consequentemente como se dá a formação humana nesse processo, com vistas sua análise a partir de Karl Marx.
Abstract: The history of humanity develops based on the struggle for the survival of the human species, being linked to the material production of its existence. The human being is born of nature and will take place in his practical and productive activity, he has needs and desires, arises from nature and belongs to it, working, producing and creating (MARX, 2013). The present work has as objective to problematize the conceptions that guide the question of how the human formation was developed and influenced through the category work over time with the use and implantation of technical innovations in all its productive process, directly impacting on the social relations. Capital in the face of its crisis tries to legitimize itself through false ideologies in a neoliberal scenario where the worker increasingly does not see himself in the productive process to which he belongs and becomes more dependent and inert before the ruling classes with the passing of times. The new ways in which capital includes the worker, subjectively and objectively, have provoked profound changes in social and work relations. Work is the basis of human existence, where men will characterize themselves as such in so far as they produce and give continuity to their very existence (Marx, Engels, 2007). Throughout the ages society is structured according to the way in which it organizes the process of production of human existence, in this way the process of hominization is closely linked to the work and the techniques and tools employed for that purpose. Work is understood as human action in nature and in the historical-social, commercial, technological and cultural universes, occupying in modern society a central place in the set of human activities. In this way the research developed has as objective to analyze the conceptions of work and the insertion of the technique throughout history in the capitalist mode of production and consequently how the human formation occurs in this process, with a view to its analysis from Karl Marx.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37857
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_epalmeida.pdf417,51 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.