Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3411
Title in Portuguese: Cultura lúdica docente em jogo: nos recôndidos da memória.
Title: Teacher’s Ludic Culture at game: In the hidden places of the memory
Author: Castro, Genivaldo Macário de
Advisor(s): Costa, Maria de Fátima Vasconcelos da
Keywords: Cultura lúdica docente
Narrativas
História de vida
Experiência formadora
Brincadeiras – Fortaleza(CE)
Atividades criativas na sala de aula
Professores de educação pré-escolar – Formação – Fortaleza(CE)
Professores de educação pré-escolar – Fortaleza(CE) – Biografia
Prática de Ensino
Crianças – Recreação – Estudo e ensino – Fortaleza(CE)
Memória autobiográfica
Biografia – Metodologia
Educação – Métodos biográficos
Issue Date: 2009
Publisher: http://www.teses.ufc.br
Citation: CASTRO, Genivaldo Macário de. Cultura lúdica docente em jogo: nos recôndidos da memória. 2009. 144f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2009.
Abstract in Portuguese: A pesquisa Cultura lúdica docente em jogo: nos recônditos da memória, é fruto de uma investigação acerca da cultura lúdica do docente de Educação Infantil, com o objetivo de compreender como o professor relaciona sua cultura lúdica com sua prática docente. A metodologia teve por base a perspectiva qualitativa fenomenológica e a pesquisa autobiográfica, conjugada com a pesquisa “colaborativa”. Envolveu seis sujeitos, professores da Educação Infantil, integrantes da rede de ensino público municipal de Fortaleza, membros do corpo docente da Escola Municipal de Educação Infantil professora Alba Frota. O trabalho de campo constou de 14 encontros com o grupo de sujeitos, durante os quais foram realizadas oficinas lúdico-criativas, sessões reflexivas, rodas de conversa, entrevistas individuais, narrativas autobiográficas e, finalmente, uma entrevista coletiva. Parte destes encontros foi destinada às memórias lúdicas da infância de cada professor, ocasião em que estas foram relacionadas às suas práticas docentes. Neste contexto, por meio das histórias de vida, os sujeitos recuperaram fragmentos de sua cultura lúdica, mediante as experiências vivenciais, culminando com a elaboração de um memorial escrito. Os dados foram agrupados em duas categorias de análise: experiências fundadoras e experiências formadoras. As experiências vividas e atualizadas nas lembranças foram analisadas segundo a categoria de experiências fundadoras, enquanto a reflexão sobre estas experiências constituiu a categoria das experiências formadoras. A análise do corpus da pesquisa permite afirmar que a experiência da cultura lúdica do docente inicialmente foi subestimada, mas revalorizada à medida que foi submetida ao trabalho com as narrativas, o que permitiu que os professores identificassem limitações de ordem institucionais, pessoais e culturais em relação as suas práticas pedagógicas que incluem o lúdico
Abstract: The research Teacher’s Ludic Culture at game: In the hidden places of the memory is the result of an investigation about the ludic culture of teachers in Primary School, with the aim to understand how these teachers relate their ludic culture to their practice in classroom. The methodology was based on a qualitative and phenomenological perspective and the autobiographical research was combined with the collaborative one. It involved six subjects who were teachers of Primary Education, members of the network of municipal public education of Fortaleza, teaching staff of the primary municipal school Professora Alba Frota. The fieldwork consisted of 14 meetings with the group of subjects, in which there were ludic-creative workshops, reflexive sessions, group of conversation, individual interviews, autobiographical narratives and “press conference”. Some of these meetings were dedicated to the ludic activities that made part of the memoirs of each teacher, which were moments when they made a link to their teaching practices. In this context, through stories of their own lives, the subjects rescued fragments of their ludic culture through living experiences, culminating with the drafting of a written memorial. The results were grouped into two categories of analysis: experiences founding and formative experiences. The analysis of the corpus of the research allows to affirm that the experience of the teacher’s ludic culture was initially underestimated, but revalued as it was submitted to the work with narratives, that allowed the teachers to identify institutional, personal and cultural limitations, related to their pedagogic practices that include the ludic experience.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3411
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_Dis_GMCastro.pdf1,4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.