Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3396
Title in Portuguese: Entre a Escola e a Religião: Desafios para as crianças de Candomblé em Juazeiro do Norte.
Title: Between the School and Religion: Challenges for the children of Candomblé in Juazeiro.
Author: Sousa, Kássia Mota de
Advisor(s): Silva, Joselina da
Keywords: Religiões de Matriz Africana
Educação
Crianças
Religions of African Matrix
Education
Children
Religião nas escolas públicas - Juazeiro do Norte(CE)
Candomblé - Juazeiro do Norte(CE)
Ensino religioso de crianças
Discriminação racial - Juazeiro do Norte(CE)
Discriminação na educação - Juazeiro do Norte(CE)
Crianças negras - Juazeiro do Norte(CE) - Atitudes
Crianças negras - Educação - Juazeiro do Norte(CE)
Issue Date: 2010
Publisher: http://www.teses.ufc.br
Citation: SOUSA, Kássia Mota de. Entre a escola e a religião: desafios para as crianças de candomblé em Juazeiro do Norte. 2010. 145f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2010.
Abstract in Portuguese: Este trabalho tem como temática a relação entre a criança candomblecista e a escola em Juazeiro do Norte, Ceará, Brasil. Esta pesquisa buscou compreender significados e sentimentos que as crianças candomblecistas constroem sobre as suas experiências escolares. Adotamos como metodologias de pesquisa entrevistas individuais e a pesquisa participante. Reconhecendo a importância da atuação das crianças nas pesquisas acadêmicas, optamos por conhecer, ouvir e acompanhar 5 crianças candomblecistas do terreiro Ilê Axé Gitofalogi, em Juazeiro do Norte, para adentrarmos em suas experiências escolares, além de ouvir as crianças, realizamos também, entrevistas com adultos da comunidade, com professores, coordenadores e fizemos observações nas escolas onde as mesmas estudavam. A escuta, a observação da realidade, as entrevistas com as comunidades religiosa e escolar nos demonstraram que as crianças candomblecistas, por seu pertencimento religioso, são vítimas de discriminações várias. Percebemos que a intolerância religiosa contra o candomblé e religiões de matriz africana é mais um mecanismo de reprodução da ideologia do racismo. Realizamos uma reflexão sobre a realidade escolar juazeirense a partir da lei 10.639/03, discutimos a ministração do Ensino Religioso e a presença dos signos de fé católica dentro dos ambientes escolares. A análise sobre o ensino vivenciado pelas crianças juazeirenses pesquisadas, aqui chamadas de erês, nos possibilitou concluir que: Crianças candomblecistas são vítimas de racismo em suas escolas, sejam elas públicas ou particulares. Seus agressores podem ser professores, alunos, materiais didáticos, bem como, práticas educativas; Concluímos também que, o ensino religioso promovido pela secretaria de educação do estado do Ceará, aplicado no município de Juazeiro, se não for criticamente analisado pode constituir-se como mais um espaço para a prática de discriminações múltiplas e intolerâncias religiosas, ao promover o catolicismo, em detrimento de inúmeras outras crenças religiosas às quais as crianças estudantes guardam identidade e pertencimento.
Abstract: This work has as thematic the relation between the child who attends candomblé and school in Juazeiro do Norte, Ceará, Brazil. This research searched to understand the meanings and feelings that these children construct on their pertaining to school experiences. We adopt as research methodologies individual interviews and the participant research. Recognizing the importance of children’s performance in academic research, we opt to knowing, hearing and following five children from candomblé at Terreiro Ilê Axé Gitofalogi, in Juazeiro do Norte, in order to get acquainted with their school experiences. Besides listening to the children, we also interviewed some adults of the community as well as teachers and coordinators, and made comments in the schools where the children studied. Listening to the children, the observation of their reality and the interviews with the religious and school communities which the children attended had demonstrated that children from candomblé, for its religious belonging, are victims of many kinds of prejudice and discrimination. We perceive that religious intolerance against candomblé and religions of African matrix, in general, is a way of reproducing the ideology of racism. We went through a reflection on the juazeirense school reality through the law 10,639/03 and discussed the Religious Teaching and the presence of catholic signs of faith into school environments. Through the analysis of the education experienced by children in Juazeiro, called erês, it was possible to conclude that: children from candomblé are victims of racism in their schools, no matter these schools are public or private. Their aggressors can be teachers, pupils, pedagogical materials and educational practices as well. We also conclude that religious education promoted by the Secretary of Education of Ceará, applied in the city of Juazeiro, if not analyzed critically can constitute as one more place for the practice of multiple discriminations and religious intolerances, when promoting catholicism in detriment of many other religious beliefs to which the children/students keep their identity and belonging.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3396
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_Dis_KMSousa.pdf7,12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.