Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33880
Title in Portuguese: Análise dos impactos socioambientais de parques eólicos e a percepção da comunidade em diferentes unidades geoambientais
Author: Sales, Karolyne Ferreira
Advisor(s): Soares, Marcelo de Oliveira
Keywords: Impacto ambiental
Parque Eólico
Impacto socioambiental
Issue Date: 2018
Publisher: Instituto de Ciências do Mar
Citation: SALES, K. F. (2018)
Abstract in Portuguese: No cenário atual, o Brasil vem se destacando com a produção de energia eólica, apesar de que ainda predomina a utilização de usinas hidrelétricas, a energia através dos ventos encontra-se com crescimento significativo. O Nordeste do país é a região em que se encontra a maior quantidade de implantações de parques eólicos, isso devido às condições eólicas favoráveis para esse empreendimento. Em virtude da geração de energia eólica ser considerada uma energia renovável e limpa, a instalação dessas centrais eólicas torna-se essa alternativa cada vez mais vantajosa, entretanto, os impactos ocasionados por elas causam alterações no meio físico, biológico e social, que são, por vezes, desconsiderados. Porém, o conhecimento científico sobre a percepção dos impactos ambientais pelas comunidades é escasso, principalmente com abordagem metodológica que compare diferentes unidades geoambientais. A pesquisa buscou analisar os impactos socioambientais de parques eólicos em diferentes unidades geoambientais, planície litorânea, tabuleiro pré-litorâneo e planalto da Ibiapaba, bem como, a percepção ambiental da comunidade vizinha aos aerogeradores. Para a determinação teórico-metodológica considerou-se os relatórios da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e seu respectivo Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) e a caracterização das unidades geoambientais realizadas por Souza (2000). A análise comparativa e crítica realizada nessa pesquisa possibilitou a identificação dos potenciais impactos socioambientais gerados pelo parque eólico em cada ambiente de estudo, bem como qual unidade geoambiental é mais favorável à instalação de empreendimento. Além disso, pôde-se obter a percepção ambiental de cada comunidade em suas determinadas regiões. Com esse estudo constatou-se que o ambiente com melhor capacidade para receber o empreendimento seria o tabuleiro pré-litorâneo; e verificou-se que a maioria dos moradores não foi bem esclarecida sobre a instalação do parque eólico em suas comunidades, e que esperavam mais oportunidade de emprego e desenvolvimento no local, com isso se obteve um elevado grau de insatisfação.
Abstract: In the current scenario, Brazil has been standing out the production of wind energy, although still predominates the use of hydroelectric power plants, the energy through the wind is growing significantly. The Northeast of the country is a region that has the greatest amount of wind farms installed, and that is because of the favorable conditions to this venture. Due to the wind power generation to be considered a renewable and clean energy, the installation of these wind power plants becomes this alternative increasingly more advantageous. Nonetheless, the impacts generated for those wind power plants cause changes in the physical, biological and social environment, which are disregarded several times. However, the scientific knowledge about the perception of environmental impacts by communities is scarce, mainly with the methodological approach that compares different geoenvironmental units. The research tried to analyze the socio-environmental impacts of wind farms in different geoenvironmental units, coastal plain, sublittoral tablelands, and the Ibiapaba plateau, as well as the environmental perception of the community close to the wind turbines. To the theoretical-methodological determination was considered the reports of the National Electric Energy Agency (ANEEL), Environmental Impact Study (EIA) and its respective Environmental Impact Report (RIMA) and the characterization of the geoenvironmental units by Souza (2000). The comparative and critical analysis carried out in the research allowed the identification of socioenvironmental potentials generated by the wind farm in each study environment, as well as how geoenvironmental unity is more favorable to the installation of the enterprise. In addition, an environmental perception of each community in its particular regions was achieved. With this study, it was noticed that the environment with better capacity to receive the enterprise would be the sublittoral tableland; and it was found that the majority of the residents were not clear about a wind farm installation in their communities and that they expected more opportunities for work and development in that place, thereby it was obtained a high degree of dissatisfaction.
Description: SALES, K. F. Análise dos impactos socioambientais de parques eólicos e a percepção da comunidade em diferentes unidades geoambientais. 2018. 99 f. Monografia (Graduação em Ciências Ambientais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33880
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS AMBIENTAIS - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tcc_kfsales.pdf1,98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.