Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33679
Title in Portuguese: Da roça à cartilha: trajetórias profissionais de professoras leigas rurais de Lavras da Mangabeira (1972-1992)
Author: Campos, Hermano Moura
Advisor(s): Andrade, Francisco Ari de
Keywords: Trajetórias profissionais
Professoras leigas rurais
Lavras da Mangabeira
Issue Date: 2018
Citation: CAMPOS, Hermano Moura. Da roça à cartilha: trajetórias profissionais de professoras leigas rurais de Lavras da Mangabeira (1972-1992). 2018. 134f. - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação, Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: O presente texto provém de uma proposta investigativa sobre trajetórias profissionais de professoras leigas da zona rural da cidade de Lavras da Mangabeira, no Cariri cearense, no período de atuação entre as décadas de 1970 e 1980. Partimos da hipótese de que as trajetórias de vida e de trabalho dessas mulheres estão intimamente relacionadas, hipótese essa reforçada pelo seu ingresso devido a interesses políticos geralmente envolvendo seus pais ou familiares ou ainda pelo fato de que recebiam baixíssimo salário, fazendo com que continuassem as suas vidas como agricultoras, pequenas artesãs ou ainda vendendo produtos como leite, pães e queijos. O objetivo principal da pesquisa é conhecer o processo identitário da formação docente, a partir de relatos orais das trajetórias de vida e trabalho docente de mulheres que se tornaram professoras leigas na zona rural de Lavras da Mangabeira nas décadas de 1970 e 1980. O referencial teórico são autores como Fátima Leitão Araújo, Maria das Graças de Araújo, Jacques Therrien e Antônio Nóvoa, dentre outros autores. A metodologia consistiu na realização de entrevistas semiestruturadas com quatro professoras que se encaixavam nos parâmetros de período e local da pesquisa para analisarmos e compararmos seus relatos, dessa forma construindo ideias gerais sobre o magistério leigo na região. Também usamos como fontes escritas documentos como fichas funcionais e folhas de pagamento das mesmas.
Abstract: This present text came from an inquiry on professional trajectories of Law Teachers in Lavras da Magabeira city countryside, during the period of 1970’s and 1980’s. Our research hypothesis is that these women’s life and work trajectories had a closed relactionship, and this is reinforced because these people started working as law teachers due to political interests envolving their fathers or relatives. Another evidence is that their remuneration was very low, and they kept working as farmers and peasants, small crafters or even selling milk, bread and cheese. Our main objective is to know the process of identity formation as law teachers, starting on oral evidence from women who were law teachers in Lavras’ countryside between 1970’s and 1980’s. Our theoretical basis were writers and researchers like Fátima Leitão Araújo, Maria das Graças de Araújo, Jacques Therrien e Antônio Nóvoa, among others. Our methodology consists in half-structured interviews with some teachers who would be available to be interviewed and stay according to research time and place parameters. So we compare their different oral evidences and we will get some important ideas about law teachers in that region. We also intend to research on written evidence, e.g., functional registration and payment lists.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33679
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_hmcampos.pdf2,68 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.