Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28488
Title in Portuguese: Educação e direitos humanos para mulheres em comunidades islâmicas
Title: Education and Human Rights for women in islamic communities
Author: Lacerda, Allana de Freitas
Advisor(s): Lustosa, Francisca Geny
Keywords: Educação
Direitos Humanos
Mulher Muçulmana
Multi e Interculturalidade
Education
Human rights
Muslim Woman
Multi and Interculturality
Comunidades Islâmicas – educação da Mulher
Direitos Humanos
Educação Islâmica
Educação multicultural
Mulheres - Comunidades Islâmicas
Multiculturalismo
Direito à Educação
Muçulmanas – educação
Issue Date: 2017
Citation: Lacerda, A. F.; Lustosa, F. G. (2017)
Abstract in Portuguese: O presente trabalho investigou a concepção do direito à educação e sua expressão de universalidade, inserida no âmbito dos direitos humanos básicos em contextos geo-sócio-políticos, culturais e religiosos, dentre outros aspectos, tão distintos em suas fundamentações, como das comunidades islâmicas. Intencionamos conhecer mais aprofundadamente os impactos dessas questões entre o normatizado nas legislações locais e internacionais (Declaração Islâmica Universal dos Direitos Humanos de1981, Declaração de Cairo sobre Direitos Humanos Islâmicos de 1990 e a Carta Árabe dos Direitos Humanos de 2004) e a perspectiva dos “sujeitos de direito”. Temos como foco, especialmente, mulheres e meninas, por serem estas marcadas por uma maior situação de vulnerabilidade e fragilidade social (DEMANT, 2015; MOTAHARI, 2008; NEUMANN, 2006; SAID, 1996; YOUSAFZAI e LAMB, 2013, entre outros). A temática se apresenta em consonância com os discursos mundiais em defesa de uma sociedade democrática, inclusiva, de direitos, como alicerce para a cidadania planetária, de paz mundial e de emancipação humana (BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; LEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SANTOS, 2009; 2013; SEN, 2010 dentre outros). O paradigma da educação para todos é importante de ser posto em análise à luz de aspectos mais particulares a cada sociedade, em uma perspectiva de compreensão inter e multicultural. Empregamos a abordagem qualitativa, cujos procedimentos utilizados envolveram pesquisa do tipo bibliográfica, documental e de campo. A pesquisa documental tem como base documentos jurídicos e dados/estatísticas de organizações internacionais, além de informações e discursos divulgados na mídia impressa. A pesquisa de campo inclui entrevistas semi-estruturadas, junto aos sujeitos muçulmanos, quer no Brasil ou em outras comunidades islâmicas, como os campos de refugiados (por email, em idioma Inglês), aliadas aos depoimentos coletados no site TED.COM.. A partir da análise das informações obtidas, observamos que os sujeitos entrevistados destacaram a presença de fatores econômicos, políticos, culturais e religiosos como determinantes e impedidores e/ou favorecedores do usufruto do direito educacional, paradigma mundialmente conclamado, mas indicaram também percepções singulares de famílias que podem, em exceção, contradizer circunstâncias como as de guerra e territórios em perigo e/ou regras sociais ainda arraigadas. Tal fato nos aproximou exemplarmente de sujeitos com elevados níveis de escolaridades e atuações profissionais no mundo do trabalho.
Abstract: The present work investigated the conception of the right to education and its expression of universality, inserted in the scope of basic human rights in geo-socio-political, cultural and religious contexts, among other aspects, as distinct in its foundations as in the Islamic communities. It intended to know more in depth the impacts of these issues between the normalized in local and international legislation (Universal Islamic Declaration of Human Rights of 1981, Cairo Declaration on Human Rights in Islam of 1990 and the Arab Charter of Human Rights of 2004) and the perspective of "subjects of the law ". It was particularly focused on women and girls, as they are marked by a greater vulnerability and social fragility (DEMANT, 2015; MOTAHARI, 2008; NEUMANN, 2006; SAID, 1996; YOUSAFZAI and LAMB, 2013, among others). The theme is presented in consonance with the world's discourses in defense of a democratic, inclusive society of rights, as a foundation for planetary citizenship, world peace and human emancipation (BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; BOBBIO, 2004; FOUCAULT, 1999; LEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SALEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SALEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SALEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SALEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SA LEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SA LEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SA LEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SALEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SALEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SA LEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SA LEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SA LEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SALEITE, 2002; NASCMENTO, 2008, SANTOS, 2009; 2013; SEN NTOS, 2009; 2013; SEN NTOS, 2009; 2013; SENNTOS, 2009; 2013; SEN NTOS, 2009; 2013; SEN NTOS, 2009; 2013; SENNTOS, 2009; 2013; SEN , 2010, , 2010, among others). The paradigm of education for all is important to be analyzed in light of more particular aspects of each society, from a perspective of inter and multicultural understanding. It was used the qualitative approach, whose procedures involved bibliographic, documentary and field research. The documentary research is based on legal documents and data/statistics of international organizations, as well as information and speeches published in print media. Field research included semi-structured interviews with Muslim subjects, whether in Brazil or other Islamic communities, such as refugee camps (by e-mail and in English), in addition to the testimonies collected on the TED.COM site. From the analysis of the information obtained, it was observed that the subjects interviewed emphasize the presence of economic, political, cultural and religious factors as determinants and impediments and / or favoring the enjoyment of the educational right, a world-renowned paradigm, but they also indicate the unique perceptions of families that may exceptionally contradict circumstances such as those of war and territories in danger and/or social rules still ingrained. This fact led to the approach of subjects with high levels of schooling and professional activities in the world of work.
Description: LACERDA, Allana de Freitas. Educação e direitos humanos para mulheres em comunidades islâmicas. 2017. 206f. – Dissertação (mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós Graduação em Educação, Fortaleza (CE), 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28488
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_dis_aflacerda.pdf4,08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.