Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9091
Título em portugués: Sedentarismo entre profissionais de saúde da estratégia saúde da família no município de Fortaleza
Título em inglés: Sedentary lifestyle among health professionals of family health strategy in the municipality of Fortaleza
Autor: Vasconcelos, Cícera Maria Arrais Pereira
Tutor(es): Arrais, Paulo Sergio Dourado
Palabras clave : Saúde da Família
Estilo de Vida Sedentário
Atividade Motora
Fecha de publicación : 2014
Citación : VASCONCELOS, C. M. A. P. Sedentarismo entre profissionais de saúde da estratégia saúde da família no município de Fortaleza. 2014. 70 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2014.
Resumen en portugués: O sedentarismo ou inatividade física é, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), o inimigo número um da saúde pública, associado a dois milhões de mortes ao ano em todo mundo e de 75% nas Américas. O presente trabalho tem por objetivo geral avaliar a prevalência do sedentarismo entre profissionais de saúde integrantes das Unidades de Atenção Primária à Saúde do município de Fortaleza. Trata-se de um estudo transversal realizado no período de agosto de 2012 até abril de 2014, que contou com a participação de 368 profissionais de saúde. Utilizaram-se dois questionários: o primeiro reuniu informações sobre aspectos socioeconômicos, demográficos e a avaliação da prática de atividade física ocorreu pela utilização do instrumento Internacional de Atividade Física (IPAQ), na forma curta. Como resultados, observou-se que a prevalência do sedentarismo foi de 47,3% e afetou, principalmente, pessoas do sexo feminino (85,0%); na faixa etária menor que 40 anos (64,9%); casado/união consensual (69,0%); com filhos (65,5%); com escolaridade superior (87,4%); enfermeiros (33,3%); os indivíduos com outra ocupação (52,9%); com carga horária até 40 horas (59,8%); que não apresentavam deficiência física (97,1%) ou doença crônica (81,6%); não fumantes (97,7%) e que raramente bebiam (68,9%); que classificaram seu estado de saúde como bom (54,4%); e com excesso de peso (53,2%). Na análise multivariada, apenas permaneceram como possíveis fatores determinantes do sedentarismo estar na faixa etária entre 40 e 59 anos, ser separado/viúvo e ser do grupo de trabalhadores da saúde (auxiliares/técnico). Desta forma, será necessário pensar em estratégias que incentivem a prática da atividade física regular entre os sedentários.
Resumen en inglés: A sedentary lifestyle or physical inactivity is, according to the WHO (World Health Organization), the number one enemy of public health, associated with two million deaths per year worldwide and 75% in the Americas. The overall objective of the present work wasevaluating the prevalence of sedentarism among health professionals, members of the Primary Health Care Unit, in the city of Fortaleza. This transversal study was conducted from August 2012 until April 2014, which included the participation of 368 health professionals.Two questionnaires were used: the first collected information on socioeconomic and demographic aspects and evaluation of physical activity occurred by using the International Physical Activity Questionnaires (IPAQ) in short form. As a result, it was observed that the prevalence of sedentarism was 47.3% and affected mainly females (85.0%); in individuals aged below 40 years (64.9%); married / common-law marriage (69.0%); with children (65.5%); with higher education (87.4%); nurses (33.3%); individuals with other occupation (52.9%); with a schedule up to 40 hours (59.8%); that had no physical disability (97.1%) or chronic disease (81.6%); nonsmokers (97.7%) and rarely drank (68.9%); who rated their health as good (54.4%); and with weight excess (53.2%).In a multivariate analysis, only remain as potential factors determining sedentarism: be aged between 40 and 59 years; being separated/widowed and part of the group of health workers (auxiliary/technical). In this way, it is necessary to think about strategies that encourage regular physical activity among sedentary individuals.
URI : http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9091
metadata.dc.type: Dissertação
Aparece en las colecciones: MPSF - Dissertações defendidas na UFC

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
2014_dis_cmapvasconcelos.pdf733,03 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.