Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8062
Título em portugués: Os caminhos da territorialidade da etnia Pitaguary: o caso da aldeia de Monguba no município de Pacatuba no Ceará
Título em inglés: The ways of the territorialities of etnia Pitaguary:the case of the village of Monguba in the city of Pacatuba in the Ceará
Autor: Galdino, Lucio Keury Almeida
Tutor(es): Kelting, Fátima Maria Soares
Cotutor(es): Sampaio, José Levi Furtado
Fecha de publicación : 2007
Citación : GALDINO, L. K. A. ; KELTING, F. M. S. (2007)
Resumen en portugués: A questão indígena tem sido relegada pelos governos e pelo estado brasileiro, o que nos impõe lutarmos pela superação das demandas de diversas etnias que habitam o território nacional. No Ceará, existem diversos povos e entre eles faremos um estudo analítico dos elementos Territoriais, de Identidade e Culturais da Terra Indígena Pitaguary da Aldeia de Monguba, situada no município de Pacatuba, ao sul da capital cearense. Faz necessário, portanto, compreender os processos dinâmicos que ocorrem na área em estudo. Dentro desta perspectiva, verificamos as formas de intervenções no espaço e os processos de estruturação territorial, buscando (re) conhecer os territórios construídos e as territorialidades motivadas pelas ações sócio-culturais, identificando os conflitos que geraram, no passado, uma descaracterização étnica e confundindo hoje alguns indivíduos da aldeia, no que diz respeito à afirmação étnica indígena Pitaguary. Utilizamos como pesquisas bibliográficas sobre as temáticas indígenas no Brasil e, especificamente, no Ceará, os conceitos de território, identidade e cultura, além de documentos sobre a área da comunidade, buscando compreender como esta vem resistindo à morosidade do sistema burocrático brasileiro, em demarcar suas terras e evitar conflitos com possíveis posseiros e grileiros. Durante os estudos em campo, foram feitas aplicações de questionários e entrevistas junto à comunidade para percebermos como se dão as relações sociais. No andamento do trabalho, percebemos os conflitos pela terra, retomadas de terras sob domínio de posseiros e uma baixa qualidade de vida da Comunidade Indígena da Aldeia de Monguba que tem 107 famílias, cerca de 388 habitantes, segundo os dados fornecidos pela Fundação Nacional de Saúde – FUNASA. Esperamos que com este trabalho os governos iniciem um processo de valorização pela cultura do país e, especialmente com a cultura que foi base de nossa formação social brasileira, a indígena.
Resumen en inglés: The aboriginal question has been relegated by the governments and the Brazilian state what makes them fight for the overcoming of the demands of the diverse etnias that inhabit the national territory. In Ceará, there are diverse peoples about whom we will make an analytical study of the Territorial, Identity and Cultural elements of Pitaguary Aboriginal Reserve of the Village of Monguba, situated in Pacatuba city, in the south of Ceará state. Therefore, it is necessary to understand the dynamic processes that occur in this study area. Inside of this perspective, we verify the forms of interventions in the space and the processes of territorial structure, trying to recognize the constructed territories and the territorialities motivated for the partnercultural actions, identifying the conflicts that had generated an ethnic descharacterization in the past and has been making some individuals be confused about their aboriginal ethnic affirmation in Pitaguary Reserve. We made use of bibliographical research related to aboriginal subject matters in Brazil and specifically in Ceará, the concepts of territory, identity and culture, beyond documents about the community area, trying to understand how it has resisting the slowness of the Brazilian bureaucratic system in demarcating its lands and preventing conflicts with possible one who holds legal titles to property and squatters. During this field study some questionnaires and interviews were made in the community to perceive how the social relations are. During this work, we perceived the conflicts for the land, and the retaken of ones, under domain of one who holds legal titles to property, and the low quality of life of the Aboriginal Community of the Village of Monguba that has 107 families, about 388 inhabitants, according to the National Foundation of Health - FUNASA. One expects that with this work the governments initiate a process of valuation of the culture of the country and especially of the culture that was the base of our Brazilian social formation, the aboriginal.
Descripción : GALDINO, L. K. A. Os caminhos da territorialidade da etnia Pitaguary: o caso da aldeia de Monguba no município de Pacatuba no Ceará. 2007. 118 F. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007.
URI : http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8062
metadata.dc.type: Dissertação
Aparece en las colecciones: DGR - Dissertações defendidas na UFC

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
2007_dis_lkagaldino.pdf18,54 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.