Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/64414
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPaiva, Ricardo Alexandre-
dc.contributor.authorAraújo, Adriana Castelo Branco Ponte de-
dc.date.accessioned2022-03-15T13:34:22Z-
dc.date.available2022-03-15T13:34:22Z-
dc.date.issued2022-02-02-
dc.identifier.citationARAÚJO, A. C. B. P. Arquitetura e educação profissional: perspectiva histórica e modernização das Escolas Técnicas Federais no Brasil e no Ceará (1909-1999). 2022. 514 f. Dissetação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo e Design) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2022.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/64414-
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherUFCpt_BR
dc.subjectEducação profissionalpt_BR
dc.subjectArquitetura escolarpt_BR
dc.subjectAnálise tipológicapt_BR
dc.subjectEscolas Técnicas Federaispt_BR
dc.titleArquitetura e educação profissional: perspectiva histórica e modernização das Escolas Técnicas Federais no Brasil e no Ceará (1909-1999)pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.abstract-ptbrA presente pesquisa investiga, à luz de uma perspectiva histórico-crítica, a relação entre a modernização das políticas públicas do ensino técnico-profissional estabelecidas pelo Governo Federal e as transformações ocorridas nas tipologias arquitetônicas da sua respectiva rede de Escolas no Brasil, considerando uma ênfase maior no estudo da Escola Técnica Federal do Ceará. Esses equipamentos educacionais foram criados em 1909 pelo presidente Nilo Peçanha, em dezenove unidades federativas do Brasil, denominadas de Escolas de Aprendizes Artífices, com o objetivo de capacitar jovens de classes desfavorecidas para um ofício. Desde então, ocorreram diversas etapas de reordenamento na instituição, por meio de mudanças nas políticas educacionais do governo e as consequentes mudanças em suas nomenclaturas e em suas estruturas físicas. O trabalho visa ainda estudar a articulação dessa arquitetura educacional com o contexto econômico, político e sociocultural brasileiro, enfatizando o papel dos agentes (o Estado, educadores e os arquitetos) envolvidos nesse processo de modernização. A relevância da pesquisa se justifica pelas escassas investigações dessa temática no contexto mais amplo de estudos sobre a arquitetura escolar, além do fato dessa categoria de ensino ter introduzido novas particularidades programáticas, expressando novos esquemas tipológicos que se diferenciaram das soluções das escolas tradicionais. A pesquisa adota um procedimento metodológico ancorado em um aporte teórico, por meio da revisão bibliográfica e a análise de fontes primárias, como iconografia, mapas, relatórios, documentos da própria instituição, acervos digitais, projetos, além da realização de visitas aos próprios edifícios e relatos orais. O trabalho contextualiza o cenário da arquitetura escolar profissional, para na sequência estabelecer categorias de análise tipológicas (funcional e formal) e assim aplicá-las no conjunto de escolas de cada fase histórica, sistematizando dados e elaborando diagramas gráficos. Por fim, o trabalho busca contribuir para o resgate da trajetória arquitetônica da instituição, por meio da documentação, valorização e conservação desse acervo escolar.pt_BR
Appears in Collections:DAUD - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2022_dis_acbparaujo.pdf70,01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.