Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/61556
Title in Portuguese: De malas prontas para um destino incerto: a atuação da pastoral do migrante no Ceará Pecém (1995 a 2002)
Title: Of packages ready for an uncertain destination: the performance of the pastoral ministry of the migrant in Ceará Pecém (1995-2002)
Author: Sousa, Francisco Amistardam Silva
Advisor(s): Alencar, Francisco Amaro Gomes de
Keywords: Modernização capitalista
Território
Impactos socioterritoriais
Issue Date: 2019
Citation: SOUSA, Francisco Amistardam Silva. De malas prontas para um destino incerto: a atuação da pastoral do migrante no Ceará Pecém (1995 a 2002). 2019. 93 f. Dissertação (Mestrado em Geografia)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2021.
Abstract in Portuguese: O processo de modernização capitalista no Ceará foi iniciado nos “governos dos coronéis” e continuado em meados dos anos 1980, quando a articulação da elite política, que se organizou no Centro Industrial do Ceará (CIC), chegou ao poder do Estado com um discurso de modernização e de ruptura das velhas práticas do clientelismo tradicional. Os empresários políticos colocaram em prática uma modernização integrada ao mercado, que, além de possibilitar uma acumulação capitalista pela via dos grandes projetos de infraestrutura, promoveu uma ruptura na forma de contratação do serviço público e diminuição do quadro de servidores. Essa foi a saída encontrada pela burguesia, com a elite política cearense, para uma profunda mudança na economia a partir da industrialização, provocando impactos na força de trabalho através de novas formas de emprego e renda e destruição das antigas formas de modos de vida encontrados nas áreas implantadas. Esse acelerado processo de modernização das relações capitalistas de produção no Estado do Ceará, tendo como principal agente o Estado, acontece num contexto de abertura da economia nacional ao mercado externo, possibilitando a atração de investimentos estrangeiros para a instalação de obras de infraestrutura, a exemplo do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), instalado no litoral oeste do Estado cearense e que possui um terminal portuário e um distrito industrial, além de empreendimentos da chamada indústria de base. Nossa pesquisa busca investigar o processo de modernização capitalista no Ceará, a partir da modernização industrial portuária tendo como recorte os anos entre 1995 - 2002, período de instalação do porto do Pecém. Pretendemos, ainda, investigar a atuação dos agentes diretamente envolvidos no processo de expropriação dos territórios camponeses no entorno do CIPP. A implantação do complexo portuário intensificou a modernização capitalista ao passo que desterritorializou as comunidades. O Estado, capturado pelos interesses capitalistas, instrumentalizou-se no principal agente ao promover a expropriação das comunidades e criar os objetos técnicos capazes de garantir a instalação da infraestrutura. Apesar de resistirem por algum tempo, várias famílias foram removidas, outras foram assentadas em outras áreas. A dinâmica que se impôs no território foi a da expropriação das terras, intensificação da dinâmica populacional e consolidação de novas atividades econômicas com o aporte de recursos para intensificar o turismo de massa e consolidação da indústria. Nossa investigação recorreu à pesquisa documental de base primária e secundária. Além do mais, partimos dos relatórios que a Pastoral do Migrante organizou quando veio sensibilizar os camponeses e estar junto na defesa dos seus direitos. A atração de novos investimentos na área industrial tem sido apresentada como o principal catalisador no processo de desenvolvimento econômico no Estado do Ceará. O discurso da modernização econômica se apresenta como uma alternativa para superar os graves problemas sociais, presentes na sociedade cearense como o baixo atendimento em serviços essenciais, tais como educação e saúde e o baixo índice de emprego formal, porém os resultados de integração da sociedade não são o que se realizou para as comunidades locais.
Abstract: The process of capitalist modernization in Ceará was initiated in the “governments of the colonels” and continued in the mid-1980s, when the articulation of the political elite, which was organized at the Ceará Industrial Center (CIC), came to state power with a speech of modernization and breaking of the old practices of traditional clientelism. Political entrepreneurs put in place a market-integrated modernization that, in addition to promoting capitalist accumulation via major infrastructure projects, promoted a disruption in the form of public service contracting and a reduction in staffing. This was the way found by the bourgeoisie, with the political elite of Ceará, for a profound change in the economy from industrialization, causing impacts on the labor force through new forms of employment and income and destruction of the old ways of life found in implanted areas. This accelerated process of modernization of the capitalist relations of production in the state of Ceará, with the state as its main agent, happens in a context of opening the national economy to the foreign market, allowing the attraction of foreign investments for the installation of large infrastructure works such as Pecém Industrial and Port Complex (CIPP), installed on the west coast of the state of Ceará and which has a port terminal and an industrial district, as well as enterprises of the so-called base industry. Our research seeks to investigate the process of capitalist modernization in Ceará, starting from the industrial port modernization taking as a basis the years (1995 - 2002), the period of installation of the Pecém port. We also intend to investigate the actions of the agents directly involved in the process of expropriation of peasant territories around the CIPP. The implementation of the port complex intensified capitalist modernization while deterritorializing communities. The state, captured by capitalist interests, became instrumental in the main agent in promoting the removal of communities and creating the technical objects capable of ensuring the installation of infrastructure. Despite resisting for some time, several families were removed, others were settled in other areas. The attraction of new investments in the industrial area has been presented as the main catalyst in the economic development process in the state of Ceará. The discourse of economic modernization is presented as an alternative to overcome the serious social problems, present in Ceará society, such as the low attendance in essential services, such as education and health and the low rate of formal employment, but it is not what was done to the local communities.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/61556
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DGR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_fassousa.pdf1,83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.