Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/55067
Title in Portuguese: Desempenho produtivo e fisiológico do rabaneteiro em consorciação com espécies aromáticas e condimentares
Title: Productive and physiological performance of the radish in intercropping with aromatic and condimentary species
Author: Lima Neto, Benedito Pereira
Advisor(s): Guimarães, Marcelo de Almeida
Co-advisor(s): Lemos Neto, Hozano de Souza
Keywords: Raphanus sativus L
Produtividade
Coriandrum sativum
Allium fistulosum L
Allium tuberosum
Ocimum basilicum
Índice de agressividade
Eficiência do uso da terra
Issue Date: 2020
Citation: LIMA NETO, Benedito Pereira. Desempenho produtivo e fisiológico do rabaneteiro em consorciação com espécies aromáticas e condimentares. 2020. 71 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: A consorciação é uma técnica que se utiliza mais de uma espécie simultaneamente na área de cultivo com a finalidade de melhorar o aproveitamento da área e, assim, aumentar a produtividade. Nesse sentido, o objetivo desta pesquisa foi avaliar o desempenho produtivo e fisiológico do rabaneteiro em consorciação com espécies aromáticas e condimentares. O estudo foi conduzido em uma área experimental da Horta Didática da Universidade Federal do Ceará, em delineamento em blocos aleatorizados, com quatro repetições e nove tratamentos, que consistiram nos cultivos solteiros e consorciados: T1 - rabanete; T2 - rabanete e coentro; T3 - rabanete e cebolinha; T4 - rabanete e nirá; T5 - rabanete e manjericão; T6 - coentro; T7 - cebolinha; T8 - nirá e T9 - manjericão. Foram avaliadas características fitotécnicas, indicadores de eficiência biológica, trocas gasosas, clorofilas e habilidade competitiva do sistema. O consórcio de rabanete com coentro apresentou maior produtividade no segundo ciclo de 7,74 t.ha-1, não diferindo do cultivo solteiro de rabanete, de modo que a menor produtividade foi em consórcio com cebolinha e manjericão. Para eficiência biológica, obteve-se UET de 1,71 e CRC de 68,50% para T2, havendo uma maior predominância do rabanete em relação ao coentro, utilizando os recursos produtivos mais eficientemente. Não houve diferença no desempenho fisiológico entre o consórcio e monocultivo, havendo diferença entre ciclos de rabanete por questões climáticas. O rabanete apresentou maior habilidade competitiva em consórcio com coentro e nirá, sendo que a cebolinha e manjericão dominaram o rabanete em 1,86 e 0,28, respectivamente. No consórcio de rabanete com coentro, o rendimento produtivo do rabanete compensou os ganhos do coentro no consórcio em 2,07, balanceando o ganho do sistema. O consórcio rabanete e nirá foi o que apresentou menor variação na competição interespecífica. De modo geral, o consórcio rabanete e coentro foi o que apresentou melhores resultados, sendo o consórcio mais vantajoso, sendo viável sua utilização frente ao monocultivo de rabanete.
Abstract: The intercropping allows to improve the utilization of the cultivation area and, thus, to increase productivity per unit area. In this sense, the objective of this research was to evaluate the productive and physiological performance of the rabaneteiro in association with aromatic and condiment species. The study was conducted in an experimental area of the Horta Didática of the Universidade Federal do Ceará, in a randomized block design, with four replications and nine treatments: T1 - single cultivation of radish; T2 - intercropping radish and coriander; T3 - intercropped radish and chives; T4 - intercropped radish and nirá cultivation; T5 - intercropping of radish and basil; T6 - single cultivation of coriander; T7 - single cultivation of chives; T8 - single cultivation of nirá and T9 - single cultivation of basil. The following agronomic characteristics were evaluated: average number of leaves, plant height (cm), diameter and length of the tuber (cm), fresh and dry mass of the tuber (g) and total production per area. For biological efficiency were calculated: index of efficient land use, relative contribution of the radish crop to the UET, ratio of area equivalent in time and index of productivity of the system. For the physiological evaluation, liquid photosynthesis, CO2 concentration in the substomatic chamber, instant carboxylation efficiency, ratio between the concentration of CO2 in the substomatic chamber and the concentration of CO2 in the environment, stomatal conductance, transpiration rate and leaf area were measured. For competitive ability, the following indices were calculated: aggressiveness, competition and compensation. In general, the efficiency and the advantage of the intercropped system had an influence on the complementarity between the component cultures. The radish and coriander consortium showed the highest productivity and biological efficiency, with the highest interspecific complementarity. There was no physiological difference between the intercropped and monoculture production systems. There was a difference between the radish production cycles, due to environmental issues. The radish showed greater competitive ability in consortium with coriander and nira. Chives were the most aggressive crop. The radish and nira consortium were the most advantageous, allowing a greater balance in the use of productive resources.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/55067
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGFIT - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_dis_bplimaneto.pdf1,43 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.