Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53495
Title in Portuguese: As múltiplas faces do desenvolvimento rural: compreendendo as experiências de transição agroecológica nos municípios de Santa Cruz da Baixa Verde e de São Lourenço da Mata, Pe
Title: The multiple faces of the rural development: Understanding the transition agroecological experiences in the cities of Santa Cruz da Baixa Verde and São Lourenço da Mata, PE
Author: Lima, Filipe Augusto Xavier
Advisor(s): Wizniewsky, José Geraldo
Keywords: Agricultura familiar
Agroecologia
Desenvolvimento rural
Extensão rural
Transição agroecológica
Issue Date: 2016
Citation: Lima, Filipe Augusto Xavier. As múltiplas faces do desenvolvimento rural: compreendendo as experiências de transição agroecológica nos municípios de Santa Cruz da Baixa Verde e de São Lourenço da Mata, Pe. 2016. 202 f. Tese (Doutorado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, 2016.
Abstract in Portuguese: Desde a criação da Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Pnater) de 2004, observa-se que as políticas de extensão rural subsequentes apresentam ambiguidades, distorções e fragilidades, tanto de ordem teórica, quanto metodológica, no que se refere às abordagens sobre a Agroecologia e as estratégias de desenvolvimento rural sustentável, fato que pode causar prejuízos e incertezas para as ações dos extensionistas e junto aos agricultores familiares, público priorizado pelas políticas de assistência técnica e extensão rural (Ater). Diante da importância do tema, a pesquisa parte da seguinte pergunta: de que forma a Agroecologia vem sendo incorporada às dinâmicas de desenvolvimento rural, considerando as diferentes situações socioeconômicas, produtivas, ambientais e de organização associativa presentes nas estratégias e experiências dos agricultores familiares? O trabalho tem como principal objetivo analisar como essas diferentes situações influenciam o desenvolvimento rural. Para isso, elegeu-se como base da pesquisa uma análise comparativa entre dois casos específicos no estado de Pernambuco: um grupo de agricultores familiares de Santa Cruz da Baixa Verde, que vivenciaram, ainda na década de 1990, um processo de transição agroecológica, e um grupo de agricultores assentados de programa oficial de reforma agrária no município de São Lourenço da Mata, que participaram de um processo de transição agroecológica iniciado no final dos anos 2000. No âmbito dos recursos metodológicos, a tese pautou-se no modelo misto, que permite a integração entre os enfoques qualitativo e quantitativo, seguindo algumas etapas complementares, como, por exemplo, pesquisa bibliográfica, pesquisa documental, estudo de caso, observação direta, levantamento e tratamento dos dados. A abordagem comparativa, entre os dois casos em estudo, permitiu observar a participação dos atores na construção de fatores qualitativos que compõem a sustentabilidade das estratégias e experiências de desenvolvimento rural orientadas pela Agroecologia. Também foi possível perceber que, tanto quanto a escolha de estratégias adequadas para o desenvolvimento rural sustentável, a capacidade de readaptá-las em face das mudanças de cenário e de aprender com as experiências alheias são determinantes, no longo prazo, para o sucesso desse tipo de iniciativa. Entendendo que a transição agroecológica está permanentemente sujeita a reorientações, a pesquisa demonstra de que maneira atores e redes sociais podem influenciar o desenvolvimento rural; que é possível identificar fatores que qualitativamente produzem diferenças entre casos concretos; e que tais fatores podem levar a dinâmicas mais ou menos sustentáveis no tempo. A importância da pesquisa está justificada na possibilidade de contribuir para a compreensão das relações existentes entre os agricultores familiares de base agroecológica e outros atores sociais, revelando particularidades do desenvolvimento rural. Além disso, uma análise que confronte as particularidades de estratégias de desenvolvimento rural em contextos locais diferentes, assim como as suas consequências, pode contribuir para o aprimoramento das políticas de assistência técnica e extensão rural voltadas aos agricultores familiares.
Abstract: Since the development of Technical Assistance and Rural Extension National Policy (Pnater) in 2004, it can be observed that subsequent extension policies shows both theoretical and methodological ambiguities, distortions and weaknesses, with regard to Agroecological approaches and sustainable rural development strategies, which might lead to damages and uncertainties regarding extension actions, as well as among family farmers, public that benefits from technical assistance and public extension politics. Given the importance of this theme, the research poses the following question: how Agroecology has been incorporated to rural development dynamics, respecting a wide range of socioeconomic, productive and environmental situations, as well as associative organizations, which shape strategies and experience of family farmers? The work aims to analyze how different situations influence rural development. Respecting this, the research consists on a comparative analysis between two specific cases from Pernambuco state: a family farmers group from Santa Cruz da BaixaVerde which experienced an agroecological transition process in 1990s, and a group of farmers settled through agrarian reform at São Lourenço da Mata, which participated of an agroecological transition process, starting in the late 2000s. With regard to methodological resources, the thesis will be guided in the mixed model, which enables integration between qualitative and quantitative approaches, following some additional steps, such as literature, documentary research, case study, direct observation, survey and data processing. The comparative approach between two case studies, enabled the observation of actor´s participation on construction of qualitative factors which compound sustainability of rural development strategies and experiences driven by Agroecology. Moreover, it was clear that such as the selection of appropriate strategies for sustainable rural development, also the ability to readapt itto scenery changes and to learn from others' experiences are crucial in the long run, regarding the success of this kind of initiative. Considering that agroecological transition is permanently subjected to re-orientations, this research shows how actors and social networks can influence rural development; and which factors might lead to qualitative differences among individual cases; and which factors may lead to more or less sustainable dynamics in a time spam. The importance of this research is justified by the possibility of enabling the comprehension of relationship between family farmers in agroecological and other social stakeholders, revealing singularities of rural development. In addition, an analysis that confronts particularities of rural development strategies in different local contexts, as well as its consequences, might contribute to the improvement of technical assistance and rural extension policies towards family farmers.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53495
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DEA - Teses defendidas em outras instituições

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_tese_faxlima.pdf4,99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.