Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51302
Title in Portuguese: Experiências adversas na primeira infância e desenvolvimento neuropsicomotor: abordagem populacional no Ceará
Author: Martins, Maria Iara Socorro
Advisor(s): Correia, Luciano Lima
Co-advisor(s): Rocha, Hermano Alexandre Lima
Keywords: Desenvolvimento Infantil
Experiências Adversas da Infância
Cuidado da Criança
Diagnóstico da Situação de Saúde
Issue Date: 2-Mar-2020
Citation: MARTINS, M. I. S. Experiências adversas na primeira infância e desenvolvimento neuropsicomotor: abordagem populacional no Ceará. 2020. 138 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: Introdução: As Experiências Adversas da Infância (EAIs) que surgem no ambiente social e familiar atuam negativamente sobre o Desenvolvimento Infantil (DI) pelo mecanismo do estresse tóxico. Objetivo: Investigar como as experiências adversas na primeira infância influenciam o desenvolvimento neuropsicomotor de crianças no estado do Ceará. Métodos: Estudo transversal de abordagem quantitativa, analítica, de base populacional com abrangência estadual. Analisou-se os dados da sexta edição da Pesquisa de Saúde Materno Infantil no Ceará que coloca em foco o DI (classificado através do Ages and Stages Quetionnaires third edition – ASQ-3), realizada em 2017 em todo o estado do Ceará. Investigou-se os domicílios com crianças de 0 a 6 anos e mulheres de 10 a 49 anos, com amostragem de múltiplos estágios, estratificada, sistematizada e por conglomerado, composta por 3.200 domicílios e 3.566 crianças. As análises foram realizadas utilizando-se o software Statistical Package for Social Science (versão 23.0), com significância ao nível de 0,05. Na análise multivariada utilizou-se da regressão logística multinomial. Resultados: Encontrou se uma prevalência de 17,5% de atraso do DI na classificação geral do ASQ 3, em diferentes níveis de acometimento nos domínios: comunicação (3,2%), motricidade global (3,5%), motora fina (6,3%), resolução de problemas (5,9%) e pessoal social (6,1%). Observou se o sexo masculino com 60% (p<0,001) mais chances de apresentar algum atraso do DI, filhos de mães analfabetas têm 4 vezes mais chances de atraso (p<0,003), como também 2 vezes mais chances na presença da desnutrição (p<0,020), ocorrendo ainda um aumento de atraso de 8% (p<0,019) a mais por ano de idade. Com relação às EAIs, observou se probabilidade 83% maior de atraso na presença do uso abusivo de álcool ou drogas (p<0,001); 61% maior em condições de negligência (p<0,001); 43% a mais na baixa classe socioeconômica (p<0,002); 34% maior no transtorno mental comum materno (p<0,018); e 36% em eventos como morte, desemprego, prisão, doença/acidente grave e/ou separação conjugal (p<0,004). Na presença de 4 ou mais EAI verificou se maior atraso em todos os domínios, sobretudo em resolução de problemas (p<0,001), motricidade fina (p<0,002) e pessoal social (p<0,001). Conclusão: Crianças na primeira infância estão mais suscetíveis ao atraso do desenvolvimento neuropsicomotor na presença de ambientes socioeconômicos precários, contextos familiares fragilizados por comportamentos de risco e falta de parentalidade positiva.
Abstract: Introduction : Adverse Childhood Experiences (ACE) that arise in the social and family environment act negatively on Child Development (CD) through toxic stress. Objective : Was to investigate how adverse experiences in early childhood influence the neuropsychomotor development of children in the state of Ceará. Methods : A cross sectional study with a population based quantitative, analy tical approach with state reach. Was analyzed data from the sixth edition of the Maternal a nd Child Health Survey in Ceará , focusing on DI (classified through the Ages and Stages Quetionnaires third edition ASQ 3), held in 2017 throughout the state of Ceará. Households with children from 0 to 6 years old and women from 10 to 49 years old were investigated, with multiple stage sampling, stratified, systematized and by cluster, made up of 3,200 households and 3,566 children. The analyzes were performed using the Statistical Package for Social Science software (version 23.0), with a sign ificance level of 0.05. In multivariate analysis multinomial logistic regression was used. Results : Was found a 17.5% prevalence of CD delay in the general classification of ASQ 3, at different levels of involvement in the domains: communication (3.2%), gl obal motor skills (3.5%), motor fine (6.3%), problem solving (5.9%) and personal social (6.1%). Was observed the male sex with 60% (p <0.001) more likely to have some delay in CD, children of illiterate mothers are 4 times more likely to delay (p <0.003), as well as 2 times more likely in the presence of malnutrition (p <0.020), with an 8% increase in delay (p <0.019) per year of age. Regarding ACE, an 83% higher probability of delay in the presence of alcohol or drug abuse was observed (p <0.001); 61% high er in neglect conditions (p <0.001); 43% more in the low socioeconomic class (p <0.002); 34% higher in maternal depression (p <0.018); and 36% in events such as death, unemployment, prison, illness / serious accident and / or marital separation (p <0.004). In the presence of 4 or more ACE, there was greater delay in all domains, especially in problem solving (p <0.001), fine motor skills (p <0.002) and personal social (p <0.001). Conclusion : Children in early childhood are more susceptible to delayed neurop sychomotor development in the presence of precarious socio economic environments, family contexts fragiled by risky behaviors and lack of positive environments, family contexts fragiled by risky behaviors and lack of positive parentingparenting.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51302
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGSP - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_dis_mismartins.pdf7,55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.