Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37158
Title in Portuguese: Comparação dos níveis de equilíbrio corporal e força da musculatura da região do “core” de mulheres praticantes e não praticantes de surfe no litoral de Fortaleza-CE
Author: Aguiar, Erinaldo Sousa
Advisor(s): Cortonesi, Leandro Masuda
Co-advisor(s): Maia, Paula Virgínia Mendes
Keywords: Surfe
Equilíbrio
Mulheres surfistas
Core
Issue Date: 2017
Citation: AGUIAR, Erinaldo Sousa. Comparação dos níveis de equilíbrio corporal e força da musculatura da região do “core” de mulheres praticantes e não praticantes de surfe no litoral de Fortaleza-CE. 2017. 34 f. Monografia (Graduação em Educação física) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
Abstract in Portuguese: O surfe é um esporte radical praticado em ambiente instável, sendo imprescindível que o praticante desenvolva valências físicas necessárias para torná-lo apto aos estímulos. Com poucos estudos avaliando capacidades motoras de surfistas e a crescente popularização da modalidade, o presente estudo pretende comparar os níveis de equilíbrio e da musculatura da região do “core” entre mulheres praticantes e não praticantes do surfe. Foi realizada uma pequisa-ação com aplicação de um questionário, teste do flamingo (EUROFIT, 1988) para avaliar o equilíbrio e teste um baseado no de kendall (1993 apud REIS et al., 2015) para avaliar a força da musculatura do “core”. O estudo foi composto por 20 participantes divididas em dois grupos: experimental (surfistas) e controle, possuindo 10 mulheres em cada grupo. As surfistas obtiveram a média de 8,5±1,3 quedas e o grupo controle de 16,4±1,8 quedas, mostrando que o equilíbrio das praticantes de surfe foi significativamente melhor. No teste do “core”, 60% do grupo de surfistas obtiveram nota máxima (10), contra 30% do grupo controle. Assim, o grupo experimental obteve maior nível de equilíbrio comparada ao grupo controle. É desconhecido se os resultados foram determinados exclusivamente pelo surfe, pois, as participantes também praticavam outras modalidades, sendo necessário novos estudos com uma amostra mais particular ao surfe.
Abstract: Surfing is a radical sport practiced in an unstable environment, and it is imperative that the practitioner develop the physical valences necessary to make him fit for the stimuli. With few studies evaluating motor skills of surfers and the increasing popularization of the modality, the present study intends to compare the balance and musculature levels of the core region among women practicing and not practicing surfing. A questionnaire, a flamingo test (EUROFIT, 1988) was used to evaluate the balance and test one based on kendall (1993 apud REIS et al., 2015) to evaluate the strength of the core muscles ". The study was composed of 20 participants divided into two groups: experimental (surfers) and control, with 10 women in each group. The surfers obtained a mean of 8.5 ± 1.3 falls and the control group of 16.4 ± 1.8 falls, showing that the balance of surfers was significantly better. In the "core" test, 60% of the group of surfers had a maximum score (10), compared to 30% of the control group. Thus, the experimental group obtained a higher level of balance compared to the control group. It is unknown if the results were determined exclusively by surfing, since the participants also practiced other modalities, requiring further studies with a more particular sample to surf.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37158
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tcc_esaguiar.pdf525,72 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.