Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35328
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBecker, Helena-
dc.contributor.authorMedeiros, Samuel Lucas Santos-
dc.date.accessioned2018-08-30T18:26:11Z-
dc.date.available2018-08-30T18:26:11Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationMEDEIROS, S. L. S. (2017)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35328-
dc.descriptionMEDEIROS, Samuel Lucas Santos. Avaliação da toxicidade da água e sedimento do Açude Santo Anastácio, Fortaleza-CE. 2017. 48 f. Monografia (Graduação em Química)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectFitotoxicidadept_BR
dc.subjectMetaispt_BR
dc.subjectSedimentopt_BR
dc.titleAvaliação da toxicidade da água e sedimento do Açude Santo Anastácio, Fortaleza-CEpt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.description.abstract-ptbrA geração de resíduos tóxicos geralmente tem como destino os corpos d’água e, na sua grande maioria, vão se depositar nos sedimentos. As concentrações de contaminantes no sedimento podem ser várias vezes maiores do que na coluna d’água. Na avaliação dos efeitos de substâncias químicas, em amostras de água e sedimentos os ensaios de toxidade se mostram de suma importância. Neste trabalho foram feitas coletas de água e de sedimento em três pontos do Açude Santo Anastácio (ASA), reservatório de pequeno porte localizado, em maior parte, dentro dos limites da Universidade Federal do Ceará. Os parâmetros analisados foram pH, nitrogênio total, fósforo total, nitrato, nitrito, ortofosfatos, nitrogênio amoniacal e clorofila na água, segundo APHA (2012). Os metais analisados nos sedimentos foram Ag, Cd, Co, Cr, Cu, Fe, Mn, Ni, Pb e Zn, segundo USEPA (2007) e o teor da matéria orgânica (MO) foi realizado segundo EMBRAPA (1992). O monitoramento biológico e a avaliação dos fatores de estresse que atingem os organismos, populações e comunidades são componentes essenciais na avaliação e no prognóstico das respostas desses organismos aos efeitos de alterações físicas, químicas e biológicas. Nesse intuito, foram feitos testes fitotoxicológicos utilizando como organismo teste sementes de Lactuca Sativa, e como parâmetro de avaliação estudou-se a taxa de germinação e o crescimento médio das raízes. As águas do açude apresentaram elevada quantidade de nutrientes, confirmando o já observado em estudos anteriores, o elevado grau de trofia do mesmo. As concentrações de metais nos sedimentos evidenciam um nível elevado de contaminação, caracterizando esse sedimento como possivelmente tóxico a biota, para os metais Cr e Cu e acima do limiar, no qual há maior probabilidade de efeitos adversos à biota, para o Ni, Pb e Zn, segundo CONAMA 454/2012, principalmente no ponto onde o sedimento foi caracterizado como orgânico. Nos testes fitotoxicológicos realizados foram observados influência de efeitos deletérios nas amostras de sedimento, que se expressaram na forma de retardo no crescimento das raízes nos sedimentos.pt_BR
Appears in Collections:QUÍMICA - BACHARELADO - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tcc_slsmedeiros.pdf1,38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.