Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33473
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBenjamin Abdala, Benjamin-
dc.contributor.authorOliveira Júnior, José Leite de-
dc.date.accessioned2018-07-06T10:48:45Z-
dc.date.available2018-07-06T10:48:45Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationOliveira Júnior, J. L.; Abdala Junior, B. (2017)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33473-
dc.descriptionOLIVEIRA JÚNIOR, José Leite de. Imagem, imaginação e esclarecimento em Saramago: pregação aos que não creem no que veem e creem no que não veem. 2017. 69f. Relatório (Pós-doutorado) -– Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências de Letras, Departamento de Letras Clássicas de Vernáculas, São Paulo (SP), 2017.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectRomances do escritor José Saramagopt_BR
dc.subjectVisualidade- Literatura- Pinturapt_BR
dc.subjectVisualidadept_BR
dc.titleImagem, imaginação e esclarecimento em Saramago: pregação aos que não creem no que veem e creem no que não veempt_BR
dc.typeRelatóriopt_BR
dc.description.abstract-ptbrEsta pesquisa pós-doutoral, com foco no estudo dos efeitos de sentido da visualidade, voltou-se para os romances do escritor José Saramago, sobretudo para os títulos de sua maturidade literária. A pesquisa buscou explorar o viés ideológico dos recursos alusivos da visualidade, incluindo-se a relação entre literatura e a pintura. Ao longo de um ano, tive a oportunidade de rever minha leitura da ficção de Saramago e de acompanhar a fortuna crítica mais recentemente publicada, com atenção redobrada para os trabalhos dedicados ao exame dos efeitos da visualidade e seus desdobramentos ideológicos. O conjunto dessa revisão bibliográfica me proporcionou um acervo renovado e ampliado, estimulando-me a produzir e compartilhar novos textos, em continuidade a outros que publiquei sobre a alentada obra deixada por Saramago. O primeiro fruto da pesquisa tomou forma num artigo publicado no segundo semestre de 2016 pela Estudos Semióticos, no qual faço considerações sobre a contatação de trabalho subjacente ao conceito saramaguiano de narrador. Outros estão sendo encaminhados para publicação em renomados periódicos e, assim testados, pretendo publicá-los na forma de livro, após a necessária revisão e ampliação. Norteando minha produção, considero as linhas teórico-metodológicas tanto da Semiótica Discursiva greimasiana como da crítica literária marxista. Da Semiótica Discursiva, ou Semiótica Literária, admitindo-se a possibilidade de leitura do trabalho por um público mais amplo, adaptei três categorias analíticas, quais sejam imagem, imaginação e esclarecimento, que são respectivamente análogas às categorias semiótico-discursivas conhecidas como figura, tema e enunciação. Da crítica marxista, perpassam minhas reflexões categorias analíticas consagradas, como ideologia, trabalho e alienação. O estudo, desenvolvido de fevereiro de 2016 a janeiro de 2017 contou com a supervisão do Prof. Dr. Benjamin Abdala Junior, da Universidade de São Paulo, a quem agradeço pela generosidade da acolhida e a atenção com que acolheu, acompanhou e viabilizou esta pesquisa.pt_BR
Appears in Collections:DLIT - Relatórios - Pós-doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_relposdoc_jloliveirajunior.pdf453,31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.