Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2896
Title in Portuguese: O riacho e as eras: memórias, identidade e território em uma comunidade rural negra do Seridó Potiguar
Title: The stream and ages: memory, identity and territory in a black rural community in Seridó Potiguar
Author: Silva, Joelma Tito da
Advisor(s): Funes, Eurípedes Antônio
Keywords: Negros do Riacho
Memória
Identidades
Negros do Riacho
Memory
Indentities
Quilombos - Negros do Riacho – ( Currais Novos,RN)
Escravidão Brasil Comunidades dos Quilombos - Negros do Riacho – ( Currais Novos,RN)
Brasil - História Quilombos - Negros do Riacho – ( Currais Novos,RN)
Negros Condições sociais – Brasil
Negros - Identidade étnica - Negros do Riacho – ( Currais Novos,RN)
Negros - Posse da terra - Negros do Riacho – ( Currais Novos,RN)
Quilombos - História Negros do Riacho – ( Currais Novos,RN)
Negros - Condições sociais - Negros do Riacho – ( Currais Novos,RN)
Festas religiosas - Negros do Riacho – ( Currais Novos,RN)
Sebastião - Santo - Festas - Negros do Riacho – ( Currais Novos,RN)
Issue Date: 2009
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: SILVA, Joelma Tito da. O riacho e as eras: memórias,identidade e território em uma comunidade rural negra do Seridó Potiguar. 2009. 209 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Ceará, Departamento de História, Programa de Pós-Graduação em História Social, Fortaleza-CE, 2009.
Abstract in Portuguese: Negros do Riacho é a nomeação conferida a uma comunidade rural, localizada no município de Currais Novos/RN que foi reconhecida como “remanescente de quilombos” em 2006 A partir das memórias sobre a fundação do sítio Riacho dos Angicos são construídas referências a uma temporalidade mítica e ancestral na qual vive o primeiro negro da família a se apropriar das terras margeadas pelo pequeno Riacho dos Angicos Para os mais velhos esse personagem das “eras” conhecido como Trajano Passarinho teria tomado posse daquele espaço nos tempos de D. Pedro II e construído sua vida em uma terra de ninguém pedaço de chão abandonado formado por uma paisagem de “matas e montanhas” lugar de moradia dos antigos negros Atualmente a terra pertence a seus familiares, formando uma comunidade com 197 pessoas que se consideram herdeiros de um território construído e conquistado desde períodos imemoriais demarcados em “eras” Com base nas narrativas sobre esse passado e as histórias de vida dos mais velhos objetivo analisar os usos que os sujeitos fazem da memória, da identidade e da história.
Abstract: Negros do Riacho is a denomination conferred to a country community located in Currais Novos – RN Town which was acknowledged as “quilombo remnant” in 2006 This work builds from memories about the foundation of Riacho dos Angicos Farm references to a mythical and ancestral temporality in which the first Negro of that family that took possession of the lands bordered by Riacho dos Angicos lived As thought by the elderly this “age” character known as Trajano Passarinho, possibly took possession of that space in D. Pedro II’s period and built his life in a “no one’s land” in a piece of land constituted of a “woods and mountains” landscape ancient Negros’ habitation place Nowadays this land pertains to his relatives constituting a community with 197 people that regard themselves as heirs of a territory built and conquered in immemorial times, demarcated in “ages” Relying on accounts about this past as well as in the elderly ones’ life stories it is intended to analyze the uses of memory identity and history made by the individuals.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2896
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGH - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_dis_jtsilva.pdf2,12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.