Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2834
Title in Portuguese: Impressões do tempo: os Almanaques no Ceará (1870-1908)
Title: Impressions of time: the Almanacs Ceará (1870-1908)
Author: Macambira, Débora Dias
Advisor(s): Rios, Kênia Sousa
Keywords: Almanaques, História do Livro e da Leitura, Ceará
Almanacs, History of books and reading, Ceará
Almanaques brasileiros - Ceará - 1870-1908
Livros e leitura - Ceará - 1870-1908
Ceará - Usos e costumes - 1870-1908
Issue Date: 2010
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: MACAMBIRA, Débora Dias. Impressões do tempo: os Almanaques no Ceará (1870-1908). 2010. 227 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Ceará, Departamento de História, Programa de Pós-Graduação em História Social, Fortaleza-ce, 2010.
Abstract in Portuguese: O estudo aborda o Almanaque, gênero editorial de ampla circulação durante o século XIX, com foco entre os anos de 1870 e 1908 no Ceará. Como fonte e objeto de pesquisa, o Almanaque conecta-se à história do livro e da leitura no Brasil, contribuindo para o conhecimento sobre a difusão do impresso, formação de círculos de leituras e redes de leitores, realizando ainda o estímulo à escrita por diferentes caminhos. Conjugando formato, conteúdo e linguagem de maior acesso, esses impressos contribuíram para formação e ampliação do público leitor, promovendo intercâmbios culturais nos diversos espaços das províncias, entre pontos do Brasil, com Portugal e outros países. Como espaço de experimentação editorial, os Almanaques incorporaram de forma gradual as mudanças promovidas pelas inovações técnicas, testaram novos conteúdos e formas de contar, mantendo-se sempre vinculados às necessidades sociais e culturais de marcação do tempo. O Almanaque é também visto prescrevendo leituras, promovendo o livro, articulando circuitos do impresso.
Abstract: The study is about the Almanac, an editorial genre in wide circulation during the nineteenth century, focusing between the years 1870 and 1908 in Ceará. As a source and object of resource, the Almanac connects to the history of books and reading in Brazil, contributing to knowledge about the distribution of printed, forming circles of readings and networks of readers, making even the stimulus for writing for different paths. Combining format, content and language of greater access, these forms have contributed to the formation and expansion of the readership, promoting cultural exchanges in different areas of the provinces, between points in Brazil, Portugal and other countries. Like editorial spaces of experimentation, the Almanacs gradually incorporated the changes promoted by technical innovations, new content and tested ways of telling, keeping always linked to social and cultural needs of timekeeping. The Almanac is also seen reading, prescribing, promoting the book, linking the printed circuits.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2834
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGH - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_dis_ddmacambira.pdf14,94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.