Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28070
Title in Portuguese: Formação de professores e prática docente: uma reflexão à luz do pensamento crítico marxista
Title: Teacher formation and teaching practice: a reflexion according to marxist critical thinking
Author: Brito, Lúcia Helena de
Lima, Lydyane Maria Pinheiro de
Silva, Sirneto Vicente da
Keywords: Política educacional
Formação de Professores
Pensamento crítico-marxista
Prática docente
Emancipação humana
Issue Date: 2017
Publisher: Revista Dialectus
Citation: Brito, L. H.; Lima, L. M. P.; Silva, S. V. (2017)
Abstract in Portuguese: O artigo propõe-se a analisar os atuais modelos de formação continuada propostos pelo Estado brasileiro aos professores da rede pública de ensino, no âmbito das políticas educacionais e seus programas de formação. O intuito é evidenciar os fundamentos que os embasa buscando compreender a concepção de formação proposta e sua relação com as demandas do capital. Orienta-nos a hipótese de que os programas de formação de professor impostos pelo Estado, ao priorizarem o aperfeiçoamento de competências e habilidades destinadas a soluções imediatistas de problemas restritos à prática docente em sala de aula, possuem teor tecnicista e comprometem a compreensão por parte dos professores acerca do amplo contexto no qual está inserida a sua prática docente. Ao efetuarmos estudo bibliográfico sobre o tema e leitura reflexiva das diretrizes que fundamentam os referidos programas verificamos que o quadro conceitual que consubstancia as competências e habilidades propostas como objetivo da formação encontra-se no âmbito da “epistemologia da prática”- formar o professor reflexivo, crítico, a preparar-se para refletir sobre sua prática docente em circunstâncias reais, no momento da ação. Salientamos que a reflexão sobre a prática docente somente pode ser vislumbrada por meio da formação do pensamento crítico. À luz do conceito de crítica em Marx, o ato da reflexão pressupõe um questionamento, que inclui o exercício do pensamento para o entendimento sobre o modo de agir sobre o mundo, e inclui, portanto, intervenções e mudanças. A construção de uma prática emancipatória na escola, mediada pela ação pedagógica, exige o entendimento dos aspectos sociais e históricos nos quais se insere o professor. Inscreve-se na luta por participação efetiva dos sujeitos envolvidos (educadores e educandos) no planejamento e execução dos programas de formação, na luta por uma pedagogia dialógica, uma pedagogia da práxis.
Abstract: The purpose of this article is to analyse the current continuing education models offered by Brazilian State to the public school teachers, within the scope of educational politics and its formation programs. The aim is to highlight the fundamentals that support them in order to understand the conception of this proposed formation and its relation with capital demands. We are guided by the hypothesis that the teacher training programs imposed by the State, when prioritizing the improvement of competences and abilities destined to immediatist solutions of problems restricted to the teaching practice in the classroom, have a technical content and compromise the teachers‟ understanding of the broad context in which their teaching practice is inserted. After a bibliographic study on the subject and a reflective reading of the guidelines that underlie the mentioned programs we found that the conceptual framework which embodies the competencies and abilities proposed as an objective of formation lies within the scope of the "epistemology of practice" - to train the reflective, critical teacher, to prepare him to reflect on his teaching practice in real circumstances, in the moment of the action. We emphasize that the reflection about the teaching practice can only be glimpsed through the formation of critical thinking. According to the concept of criticism in Marx, the act of reflection presupposes a questioning, which includes the exercise of thought for the understanding of how to act on the world, and therefore includes interventions and changes. Building an emancipatory practice in school, mediated by pedagogical action, require the understanding of the social and historical aspects in which the teacher is inserted. It is part of the struggle for effective participation of the subjects involved (educators and learners) in the planning and execution of training programs, in the struggle for a dialogical pedagogy, a pedagogy of praxis.
Description: BRITO, Lúcia Helena de; LIMA, Lydyane Maria Pinheiro de; SILVA, Sirneto Vicente da. Formação de professores e prática docente: uma reflexão à luz do pensamento crítico marxista. Revista Dialectus, Fortaleza, ano 4, n. 10, p. 150-168, jan./jun. 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/28070
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2317-2010 (online)
Appears in Collections:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_art_lhbritolmplima.pdf543,95 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.