Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26789
Título: É uma verdade universalmente conhecida que nem tudo é verdade: estudo do universo narrativo e paratextual da websérie “The Lizzie Bennet Diaries”
Autor(es): Moreira, Mariana Gonçalves
Orientador(es): Lucas, Ricardo Jorge de Lucena
Palavras-chave: Narrativa
Adaptação
Paratexto
Transmídia
Websérie
Data do documento: 2017
Citação: Moreira, M. G.; Lucas, R. J. L. (2017)
Resumo: O presente trabalho busca analisar a estrutura narrativa da websérie "The Lizzie Bennet Diaries", considerando suas características transmídiaticas e por se tratar de um produto de entretenimento adaptado. “The Lizzie Bennet Diaries” é uma websérie adaptada do romance britânico “Orgulho e Preconceito”, de Jane Austen, escrito no século XVII. Um estudo de narrativa a partir de pesquisas de ABBOTT (2009), CAMPOS (2016), STAM (2003), dentre outros, foi realizado para compreender as particularidades de cada elemento narrativo analisado e sua relação com os paratextos, sob o olhar de GENETTE (2009), ALVARADO (1994) e GRAY (2010), encontrados em TLBD. Com o objetivo de verificar as funcionalidades dos paratextos na narrativa transmídia, concluímos que as relações intertextuais dessa modalidade dentro da narrativa adaptada têm um caráter essencial no qual o paratexto agrega ao processo transmídiatico da obra, tornando clara sua necessidade de acompanhar a narrativa, tanto em conteúdo quanto em processos de divulgação.
Abstract: The present paper seeks to analyze the narrative structure of the webseries "The Lizzie Bennet Diaries", considered as transmedia narrative, in the context of the convergence culture by Henry Jenkins. "The Lizzie Bennet Diaries" is a webseries adapted from Jane Austen's novel "Pride and Prejudice", written in the 17th century. A study of narrative based on ABBOTT (2009), CAMPOS (2016), STAM (2003), among others, was carried out to understand the particularities of each narrative element analyzed and its relation with the paratexts, under GENETTE (2009), ALVARADO (1994) and GRAY (2010), found in TLBD. In order to verify the functionalities of the paratexts in the transmedia narrative, we conclude that the paratextual relations within the adapted narrative have an essential factor that the paratext aggregates to the transmediatic process, making clear its need to accompany the narrative, both in content and in dissemination.
Descrição: MOREIRA, Mariana Gonçalves. É uma verdade universalmente conhecida que nem tudo é verdade: estudo do universo narrativo e paratextual da websérie “The Lizzie Bennet Diaries”. 2017. 118f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, Programa de Pós-graduação em Comunicação Social, Fortaleza (CE), 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/26789
Tipo: Dissertação
Aparece nas coleções:PPGCOM - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_dis_mgmoreira.pdf1,88 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.