Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2297
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCosta, Leandro Oliveira-
dc.contributor.authorArraes, Ronaldo de Albuquerque e-
dc.contributor.authorVera-Hernandez, Marcos-
dc.date.accessioned2012-03-20T14:45:42Z-
dc.date.available2012-03-20T14:45:42Z-
dc.date.issued2011-
dc.identifier.citationCOSTA, Leandro Oliveira; ARRAES, Ronaldo de albuquerque e; VERA-HERNANDEZ, Marcos. Identificação parcial do efeito das escolas privadas brasileiras. FORUM BNB / ENCONTRO REGIONAL DE ECONOMIA, 16, Fortaleza. Anais... Fortaleza, 2011.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2297-
dc.description.abstractThis article aims to compare student performance in Brazilian public and private schools, from an analysis of Partial Identification or Bounds introduced by Manski (1989). In the context of strong selection bias resulting from socioeconomic factors, it is compared the estimates from the Propensity Score Matching with the ones from regression analysis, to verify whether or not the estimated limits under less restrictive assumptions are informative. Using most recent data from the Basic Education Assessment System (SAEB) of 2005 for students in the 5th year of elementary school, the results indicate a significant bias on the estimated effects by the methodologies that are rely on assumptions of ignorability and imputation. A possible explanation to this bias can be attributed to the strong selection bias related to low income level of parents of students in public schools, making it impossible to determine an acceptable counterfactual.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherForum BNB de Desenvolvimento / Encontro Regional de Economiapt_BR
dc.relation.ispartofseries16;-
dc.subjectEducação privadapt_BR
dc.titleIdentificação parcial do efeito das escolas privadas brasileiraspt_BR
dc.typeArtigo de Eventopt_BR
dc.description.abstract-ptbrEste artigo tem o objetivo de analisar a diferença no desempenho dos alunos de escolas brasileiras públicas e privadas, a partir da análise de Identificação Parcial ou Limites introduzida por Manski (1989). No contexto do forte viés de seleção decorrente de fatores socioeconômicos, a comparação com as estimativas da metodologia de Pareamento no Escore de Propensão e a tradicional análise de regressão busca verificar se os limites estimados sob suposições menos restritivas permanecem informativos. Utilizando as informações mais recente de microdados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) de 2005 para os estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental, os resultados apontam a sobreestimação do efeito das escolas privadas com as metodologias que se baseiam nas suposições de ignorabilidade e imputação, mas o efeito ainda permanece significativamente positivo. A possível explicação desse viés pode ser atribuido ao forte viés de seleção relacionado ao baixo nível de renda dos pais dos alunos de escolas públicas, que limita a escolha da escola do filho e impossibilita a determinação de um aceitável contrafactual.pt_BR
Appears in Collections:CAEN - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_art_locosta.pdf203,12 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.