Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13913
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSousa, Antônia Ellita Correia de-
dc.contributor.authorSilva, Kátia Adriano Matias da-
dc.contributor.authorFontenele, Sílvia Helena de Mendonça-
dc.date.accessioned2015-11-06T16:49:22Z-
dc.date.available2015-11-06T16:49:22Z-
dc.date.issued2006-
dc.identifier.citationSousa, A. E. C.; Silva, K. A. M.; Fontenele, S. H. M. (2006)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13913-
dc.descriptionSOUSA, Antônia Ellita Correia de; SILVA, Kátia Adriano Matias da; FONTENELE, Sílvia Helena de Mendonça. Os astecas e sua relação com a morte. Revista Ameríndia - História, cultura e outros combates, Fortaleza, v.2, n.2 p. 1-10, 2006. Disponível em: <http://www.periodicos.ufc.br/index.php/2015/article/view/1413/1317>. Acesso em: 29 out. 2015.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista Ameríndia - História, cultura e outros combates.pt_BR
dc.subjectMortept_BR
dc.subjectCulturapt_BR
dc.subjectAstecaspt_BR
dc.titleOs astecas e sua relação com a mortept_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrO presente trabalho mostra o comportamento asteca diante da morte, abrangendo suas crenças, rituais de sacrifício humano e culto aos mortos. Partindo do princípio de que a morte é um processo natural culturalmente apropriado de diferentes modos. Enfocamos os mitos de passagem para o além-morte, problematizando as características do povo asteca. Como um povo guerreiro e sanguinário podia, ao morrer, se transformar em colibris ou borboletas?pt_BR
Appears in Collections:DHIS - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_art_aecsousa.pdf48,38 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.