Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12307
Title in Portuguese: Densidade e indicadores urbanísticos como instrumentos para a qualificação do tecido urbano periférico
Author: Lima, Mariana Quezado Costa
Barbosa, Juliana Brito
Freitas, Clarissa Figueiredo Sampaio
Keywords: Regulação da forma
Indicadores urbanos
Densidade
Morfologia urbana
Déficit habitacional
Issue Date: 2014
Publisher: EDIPUCRS
Citation: LIMA, M. Q. C.; BARBOSA, J. B.; FREITAS, C. F. S. (2014)
Abstract in Portuguese: Perante a insustentabilidade do modelo de urbanização brasileiro, questiona-se a capacidade do planejamento tradicional e dos instrumentos introduzidos pelo Estatuto da Cidade em alterar a forma urbana no sentido do aumento da qualidade urbanística. Avaliamos o uso de indicadores de densidade na mensuração dos problemas da cidade contemporânea (dispersão urbana, déficit habitacional e estimulo ao transporte motorizado), visto que a densidade aplicada ao planejamento, como processo, possibilita a qualificação da morfologia urbana em suas diversas escalas. Buscamos comprovar a pertinência desses indicadores para intervir no ambiente construído, atendendo ao déficit habitacional de interesse social e combatendo a dispersão. Apresentamos como estudo de caso uma área de expansão urbana na Região Metropolitana de Fortaleza: o município de Maracanaú, caracterizado pela superposição entre conjuntos habitacionais, favelas e loteamento irregulares, além da recente apropriação do mercado imobiliário. Propomos um método de intervenção na cidade através de novos parâmetros, baseados em indicadores de densidade, como alternativa aos conjuntos habitacionais que têm sido construídos na periferia do município. O resultado é um quadro normativo com valores baseados em experimentações, que visam estimular formas urbanas “sustentáveis” e desestimular aquelas que têm sido produzidas na área, delineando cenários de alta densidade e grande quantidade de espaços públicos
Abstract: Given the unsustainability of the Brazilian urbanization model, we question the ability of traditional planning and instruments introduced by the City Statute in changing urban form in the sense of increasing urban quality. We evaluated the use of indicators to measure density problems of the contemporary city (urban sprawl, housing deficit and stimulus to motorized transport), since the density applied to planning as a process enables the classification of urban morphology in its various scales. We seek to demonstrate the relevance of these indicators to interfere in the built environment, reduce the housing deficit of social interest and combat dispersion. We present as a case study an area of urban expansion in the Metropolitan Region of Fortaleza: Maracanaú, characterized by the overlap between housing, slums and irregular allotment beyond the recent appropriation of the real estate market. We propose a method of intervention in the city through new parameters based on indicators of density, as an alternative to housing developments that have been built on the suburb of the city. The result is a framework with values based on studies that aim to stimulate "sustainable" urban forms and discourage those that have been produced in the area, outlining scenarios of high density and large amount of public spaces
Description: LIMA, M. Q. C; BARBOSA, J. B.; FREITAS, C. F. S. Densidade e indicadores urbanísticos como instrumentos para a qualificação do tecido urbano periférico. In: Congresso Internacional: Sustentabilidade e Habitação de Interesse Social, 3., 2014, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: EDIPUCRS, 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12307
metadata.dc.type: Artigo de Evento
Appears in Collections:DAU - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_eve_cfsfreitas.pdf770,22 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.