Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9711
Title in Portuguese: Violência e relações sociais - a questão da diferença
Author: Velho, Gilberto
Keywords: Violência e poder
Sociedade civil
Ideologia
Diferenças sociais
Issue Date: 1981
Publisher: www.rcs.ufc.br/edicoes
Citation: VELHO, Gilberto. Violência e relações sociais - a questão da diferença. Revista de Ciências Sociais, Fortaleza, v. 12/13, n. 1/2, p. 5-9, 1981/1982.
Abstract in Portuguese: Um dos pontos fundamentais sobre a questão da cidadania na sociedade contemporânea é o direito à diferença. Neste sentido, qualquer ação seja do Estado, seja de particulares que viole, reprima este direito implica em um abuso de poder e no estabelecimento de violência nas relações sociais. Esta não precisa, para ser caracterizada, na explicitação do uso da força física embora no Brasil isso seja, como todos sabemos, bastante comum. No entanto, é importante perceber o problema brasileiro dentro do quadro mais amplo da sociedade contemporânea. Sem dúvida é na cidade e, particularmente, na grande metrópole que a heterogeneidade e a multiplicidade de grupos e regiões morais criam condições para a emergência de maior diferenciação de estilos de vida. Por isso mesmo é aí também que surgem com mais frequência os conflitos e choques, diante das dificuldades de coexistência e convivência. O papel do Estado, da burocracia e das diversas agências governamentais deve ser examinado tanto ao nível propriamente administrativo como em termos políticos mais amplos.O esmagamento dos direitos de cidadania tem sido denunciado, por exemplo, nos E. U. A., Inglaterra, Alemanha Ocidental, etc., inclusive por entidades científicas como a Society for the Study of Sochl Problems e a European Society for the Study of Social Prob/ems. A questão das minorias nos E. U .A. e na Inglaterra, a situação irlandesa, o aparato burocrático do Estado Alemão, com seu estreito controle sobre grupos dissidentes tem chamado atenção de que mesmo naquelas sociedades habitualmente identificadas com os princípios do liberalismo e/ou da democracia parlamentar, desenvolvem-se processos em que o Estado, particularmente o Executivo, cresce como entidade todo-poderosa, assumindo suas feições de Leviatã. Não vou me deter nos exemplos óbvios da União Soviética e de outros países onde, sob a égide do socialismo e com as justificativas de um discurso aparentemente progressista, perseguem-se e cerceiam-se dissidentes, restringindo suas possibilidades de ir e vir, internando-os em hospitais psiquiátricos e outras coisas do gênero...
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9711
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 0041-8862 (impresso)
2318-4620 (online)
Appears in Collections:DCSO - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1982_art_gvelho.pdf552,25 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.