Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9501
Title in Portuguese: A construção discursiva da noção de amor pelo posicionamento romântico em canções brasileiras na década de 1970
Title: The discursive construction of the notion of love in songs composed by the romantic positioning during the 1970s
Author: Silva, Luciene Helena da
Advisor(s): Costa, Nelson Barros da
Keywords: Literary-musical discourse
Discursive investments
Amor na música
Canções – Brasil – História e crítica
Análise do discurso
Anos 1970
Issue Date: 2014
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Silva, L. H.; Costa, N. B. (2014)
Abstract in Portuguese: Neste trabalho, analisamos a construção discursiva da noção de amor em canções produzidas pelo posicionamento romântico durante a década de 1970. Enfocamos o amor, sentimento universal, cuja temática perpassa todos os posicionamentos da música Popular Brasileira e que tem espaço privilegiado na canção romântica. O recorte temporal se justifica pela importância histórica do período marcado pela ditadura militar e pelo auge da canção romântica no Brasil. Dessa maneira, o corpus constitui-se de canções que alcançaram grande sucesso midiático, interpretadas por cantores do posicionamento romântico durante o período delimitado. Seguimos como orientação teórica a Análise do Discurso, sob o enfoque dado a partir dos trabalhos desenvolvidos por Dominique Maingueneau. Dada as especificidades de nossa investigação, recorremos a Maingueneau (1997, 2008a, 2008b, 2009), para tratarmos dos conceitos fundamentais nos quais baseamos a nossa pesquisa; a Costa (2012), para tratarmos do discurso literomusical brasileiro e a Costa (1998), para analisarmos a noção de amor. A partir da articulação dessas abordagens e da análise do investimento nas categorias discursivas – cenografia e ethos – desenvolvidas por Maingueneau (1997, 2008a, 2008b, 2009), analisamos a noção de amor construída pelo posicionamento romântico. Concluímos que a noção de amor não é única, mas, sim, caracteriza-se por ser estruturada em diferentes formas de narrativas, na qual se verificam: a declaração amorosa, a conjunção e disjunção afetivas, o sofrimento e a sensualidade. A cenografia é construída a partir do enunciador, validando a noção de amor que se pretende própria desse posicionamento e contribuindo para a construção de uma noção que caracteriza o amor como sendo exacerbado, intenso. Constatamos que as canções românticas analisadas não trazem, explicitamente, topografia ou cronografia. Quando o fazem, referem-se a um lugar paradisíaco, ao lar ou ao local em que o casal realiza os encontros amorosos. Quanto ao investimento ético, predomina o enunciador masculino cantando para sua amada, declarando seu amor. O amor se apresenta como uma possibilidade de fuga da realidade, em que se vive plenamente o sentimento amoroso e na qual a amada é o meio para alcançar tal plenitude. Predomina a noção de amor sensualizado e sexualizado, confirmando a imagem romântica do amor, de modo que é essa a noção que domina o imaginário em torno do sentimento amoroso. Assim, as canções românticas representativas da década de 1970 traduzem uma noção de amor erotizado que, em consonância com os movimentos juvenis e feministas nascidos nos anos 60, sugerem a relação sexual como forma de realização do amor.
Abstract: In this paper, we analyze the discursive construction of the notion of love in songs composed by the romantic positioning during the 1970s. We have focused on love, universal feeling, whose theme is present in all the positions adopted by Brazilian Popular Music, and which has privileged place in romantic songs. The temporal cut is justified by the historic importance of the period marked by the military dictatorship and by the peak of romantic songs in Brazil. Thus, the corpus is made of songs that had had great success in the media, interpreted by singers of the romantic positioning during the delimited period. We have followed as theoretical orientation the Discourse Analysis, under the focus given by the works developed by Dominique Maingueneau. Given the specificities of our investigation, we have utilized Maingueneau (1997, 2008a, 2008b, 2009), to treat the fundamental concepts in which we have based our research; Costa (2012), to treat the Brazilian literary-musical discourse; and Costa (1998), to analyze the notion of love. From the articulation of these approaches and from the analysis of the investment in the discursive categories – scenography and ethos –developed by Maingueneau (1997, 2008a, 2008b, 2009), we have analyzed the notion of love constructed by the romantic positioning. We have concluded that the notion of love is not unique, but that it characterizes itself by being structured in different forms of narration, in which are verified: the love declaration, the affective conjunction and disjunction, the suffering and the sensuality. The scenography is constructed through the enunciator, validating the notion of love that intends to belong to such positioning and contributing to the construction of a notion that characterizes such feeling as being exacerbated, intense. We have realized that the romantic songs analyzed do not bring, explicitly, topography or chronography. When they do so, they refer to an idyllic place, to home or to the place in which the couples have their romantic meetings. As to the ethical investment, the male enunciator is predominant, singing to his lover, declaring his love. Love presents itself as a possibility of escaping reality, in which one can fully live that feeling and in which the lover is the means to reach such fullness. The notion of love, sensualized and sexualized, is predominant, confirming the romantic image of it, so that it is such notion the one that inhabits the imagination surrounding the feeling of love. Therefore, the romantic songs that represent the 1970s translate an eroticized notion of love that, in line with the juvenile and feminist movements born in the 60s, suggests sexual relation as the means of love fulfillme.
Description: SILVA, Luciene Helena da. A construção discursiva da noção de amor pelo posicionamento romântico em canções brasileiras na década de 1970. 2014. 96f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9501
Appears in Collections:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_dis_lhsilva.pdf853,81 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.