Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9359
Title in Portuguese: Desempenho de unidades de dessalinização de águas localizadas no Estado do Ceará
Author: Matos, Jeruza Feitosa de
Mota, Francisco Suetônio Bastos
Avelino, Francimeyre Freire
Braga, Erika de Almeida Sampaio
Malveira, Jackon Queiroz
Keywords: Dessalinização
Dessalinizadores de água
Osmose reversa
Rejeito
Águas subterrâneas
Issue Date: 2005
Publisher: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL
Citation: MATOS, J. F. et al . Desempenho de unidades de dessalinização de águas localizadas no Estado do Ceará. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL, 23., 2005, Campo Grande. Anais...Campo Grande: ABES, 2005. p. 1-6.
Abstract in Portuguese: O programa de dessalinização do estado do Ceará permitiu a exploração de águas subterrâneas por meio da instalação de unidades de dessalinização no interior do estado, com a finalidade de converter água salgada ou salobra em água potável. Este trabalho teve por objetivo realizar um estudo para avaliar o desempenho de três unidades de dessalinização, denominadas de unidades 1, 2 e 3, localizadas nos municípios de Caucaia, Chorozinho e Ocara. Primeiramente, realizou-se uma pesquisa de campo, onde foram caracterizados os problemas das unidades; registrados dados sobre vazão, taxa de rejeição de sais (TRS) e taxa de recuperação, ou seja, percentual de água de alimentação convertida em água permeada; e, por último, coletaram-se amostras de águas dos poços, de permeados (águas dessalinizadas) e de rejeitos para análise. Os rejeitos foram produzidos na proporção de 89%, 55% e 84 % do volume da água de alimentação, para as unidades 1, 2 e 3, respectivamente. Observou-se maior taxa de recuperação para a unidade 2, que foi de 46%, seguida das unidades 3 e 1, com 17% e 11%, respectivamente. Após a realização das análises, pôde-se observar que as águas dos poços, além da salinidade excessiva, apresentam elevada dureza e alta concentração de sódio (Na+), sendo este, na maioria das vezes, o principal íon associado ao cloreto (Cl-). Os resultados dos sólidos totais dissolvidos (STD) e Cl-, em todas as amostras do permeado, encontram-se nos padrões recomendados pela legislação brasileira. As análises bacteriológicas mostraram que três poços estavam contaminados por bactérias coliformes totais, e apenas o poço da unidade 3 apresentou coliformes fecais. Para os permeados, observaram-se que os percentuais de remoção de bactérias nas membranas de dessalinização corresponderam a 92%, 100% e 94% nas unidades 1, 2 e 3, respectivamente. Isso vem demonstrar que apenas a água da unidade 2 enquadra-se nos padrões de potabilidade quanto aos parâmetros analisados.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9359
metadata.dc.type: Artigo de Evento
Appears in Collections:DEHA - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2005_eve_fsbmota.pdf142,33 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.