Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9275
Title in Portuguese: Pré-tratamento termoquímico do bagaço da cana-de-açúcar para a produção de açúcares fermentescíveis
Author: Pinheiro, Francisca Gleyciara Cavalcante
Costa, Adriana Guimarães
Morais, Joao Paulo Saraiva
Santos, André Bezerra dos
Santaella, Sandra Tédde
Leitão, Renato Carrhá
Keywords: Bagaço de cana de açúcar
Hidrólise ácida
Lignocelulose
Issue Date: 2011
Publisher: Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos Agropecuários e Agroindustriais
Citation: PINHEIRO, F. G. C. et al. Pré-tratamento termoquímico do bagaço da cana-de-açúcar para a produção de açúcares fermentescíveis. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS AGROPECUÁRIOS E AGROINDUSTRIAIS, 2., 2011, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu: SIEGRA, 2011.
Abstract in Portuguese: O bagaço da cana-de-açúcar é um resíduo agroindustrial lignocelulósico, o qual pode ser convertido a açúcares fermentescíveis por meio de um pré-tratamento termoquímico. Neste trabalho foi realizada hidrólise ácida do bagaço, utilizando ácido sulfúrico. A hidrolise foi realizada com ácido sulfúrico de concentrações 0,2; 0,5; 1,1; 1,7 e 2,0M em autoclave de temperatura 120 ºC com uma massa de bagaço equivalente a 2,5g (1:20 p/v) e tempos de 5; 13,1; 32,5; 51,9 e 60 min. As concentrações do ácido e os tempos foram determinados por planejamento fatorial e metodologia de superfície de resposta. O método colorimétrico DNS (ácido 3,5-dinitrossalicílico) foi utilizado para a determinação da concentração de açúcares fermentescíveis (GRT). Após análise estatística dos resultados foi possível constatar que as interações lineares do tempo e da concentração do ácido foram significativas a um nível de significância de 95% e que existem valores ótimos de tempo de reação e concentração de ácido, 1 minuto e 0,5 M, respectivamente que maximizam a produção de GRT. Verificou-se ainda que conforme aumenta o tempo de reação e a concentração do ácido há uma diminuição da concentração GRT.
Abstract: Sugar cane bagasse is an agro industrial waste that can be converted to fermentable sugars by using a thermochemical pretreatment. In this work, sugar cane of bagasse was hydrolyzed using sulfuric acid (concentrations of 0.2, 0.5, 1.1, 1.7 and 2.0 M), in an autoclave temperature of 120oC, with a mass of bagasse equivalent to 2.5 g (1:20 w/v), and reaction times of 5, 13.1, 32.5, 51.9 and 60 min. The acid concentrations and times were determined by factorial design and response surface methodology. The colorimetric method DNS (3,5-dinitrosalicylic acid) was used to determine the concentration of fermentable sugars. After statistical analysis, it was found that the linear interaction of time of reaction and acid concentration were significant (p=0.05) and that the values of reaction time and concentration of sulfuric acid that maximize the production of sugars are 1 minute and 0.5 M, respectively. It was also found that with increasing reaction time and acid concentration there is a decrease in the concentration of sugars.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9275
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Appears in Collections:DEHA - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_eve_absantos.pdf129,14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.