Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9120
Title in Portuguese: Efeito neuroprotetor da curcumina sobre o estresse oxidativo, inflamação, memória e dano neuronal de ratos submetidos à isquemia cerebral transitória
Title: Neuroprotective effect of curcumin on oxidative stress, inflammation, memory and neuronal damage in rats submitted to transient cerebral ischemia
Author: Souza, Carolina Melo de
Advisor(s): Andrade, Geanne Matos de
Keywords: Ataque Isquêmico Transitório
Curcumina
Estresse Oxidativo
Issue Date: 2012
Citation: SOUZA, Carolina Melo de. Efeito neuroprotetor da curcumina sobre o estresse oxidativo, inflamação, memória e dano neuronal de ratos submetidos à isquemia cerebral transitória. 2012. 102 f. Tese (Doutorado em Ciências Médicas) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2012.
Abstract in Portuguese: A fisiopatologia da isquemia cerebral envolve uma complexa cascata de eventos dentre eles excitotoxicidade, inflamação, estresse oxidativo e apoptose. A curcumina é um polifenol presente no rizoma da Curcuma longa e que apresenta propriedades antiinflamatória e antioxidante. No presente estudo, foram investigados os efeitos da curcumina sobre os déficits de memória, estresse oxidativo, inflamação e dano neuronal induzidos por isquemia cerebral transitória (ICT). A ICT foi induzida por oclusão das artérias carótidas, por 30min, seguida de reperfusão. Os animais receberam curcumina ou veículo (6% de DMSO em tampão fosfato) por via oral 60 min antes e diariamente após a ICT. A avaliação dos déficits cognitivos foi realizada através dos testes do labirinto em Y, da esquiva passiva e do labirinto aquático que avaliam as memórias de trabalho, aversiva e espacial, respectivamente. A integridade neuronal foi avaliada através de análise histológica do hipocampo utilizando as técnicas de violeta de cresil e Fluoro Jade C. As dosagens de IL-1β e mieloperoxidase (MPO) em homogenatos hipocampais foram utilizadas para a avaliação da inflamação. O estresse oxidativo foi analisado através da quantificação de malondialdeído (MDA), nitrito/nitrato, glutationa reduzida (GSH) e atividade da superóxido dismutase (SOD) hipocampais. Não foram observadas alterações na atividade locomotora e nem na memória de trabalho. A curcumina preveniu déficits nas memórias aversiva recente e tardia induzidas por ICT. A ICT promoveu déficits no aprendizado e memória espacial. A curcumina não alterou a aprendizagem, mas apresentou uma tendência estatística na prevenção do déficit de memória espacial. A ICT promoveu o aumento na atividade de MPO e tendência a aumento nas concentrações de IL-1β e esse efeito foi prevenido pelo tratamento com curcumina. A ICT promoveu o aumento significativo nas concentrações de MDA. O tratamento com a curcumina não alterou esse efeito 6h, mas preveniu o aumento 4 dias após a ICT. A curcumina preveniu o aumento de nitrito e a depleção de GSH induzidos por ICT. A curcumina protegeu os neurônios da morte 4 mas não 7 dias após a ICT. Os efeitos neuroprotetores da curcumina parecem estar relacionados com suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidante.
Abstract: The pathophysiology of cerebral ischemia involves a complex cascade of events which includes excitotoxicity, inflammation, oxidative stress and apoptosis. Curcumin is a polyphenol extracted from the rhizome of Curcuma longa. It has anti-inflammatory and antioxidant properties. In this study, we investigated the effects of curcumin on memory deficits, oxidative stress, inflammation and neuronal damage induced by transient cerebral ischemia (TCI). The TCI was induced by bilateral common carotid artery occlusion for 30 min followed by reperfusion. Vehicle or curcumin (6% DMSO in phosphate buffer) were orally administered 60 min before and daily after TCI. Cognitive evaluation was performed by using Y-maze, passive avoidance and water maze tests to assess working, spatial and aversive memories, respectively. To assess neuronal injury histological sections from hippocampus were stained with cresyl violet or FluoroJade C. The interleukin-1β and myeloperoxidase (MPO) contents from hippocampus were used for inflammatory evaluation. Oxidative stress was assessed by quantification of malondialdehyde (MDA), nitrite/nitrate, reduced glutathione (GSH) and superoxide dismutase (SOD) hippocampal. There were no changes in locomotor activity, neither in working memory. Curcumin prevented the TCI-induced early and late aversive memory deficits. The TCI impair spatial learning and memory. Curcumin treatment did not affect spatial learning, but showed a tendency to prevent the impairment on spatial memory. TCI promoted the increase in MPO activity and a tendency to increased concentrations of IL-1β and this effect was prevented by curcumin treatment. Curcumin treatment did not prevent the TCI-induced MDA increases 6h after surgery. Four days after surgery TCI showed a tendency to increase MDA contents and curcumin treatment lowered it. Curcumin prevented TCI- induced nitrite formation 6h after surgery and GSH depletion 24 hours after surgery. Curcumin protected the neurons from death 4d but not 7 days after TCI. Our results demonstrated that curcumin neuroprotection effects may be due to its anti-inflammatory and antioxidant properties.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9120
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DMC - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_tese_cmsouza.pdf1,94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.