Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8856
Title in Portuguese: E tenho dito: a gramaticalização e a variação do pretérito perfeito composto em narrativas dos séculos XV a XVII.
Title: And I have said: The grammaticalization and the change in past tense compound in narratives in century XV - XVII
Author: Rodrigues, Lorena da Silva
Advisor(s): Coan, Márluce
Keywords: Past perfect compound
Grammaticalization
Gramática comparada e geral - Gramaticalização
Língua portuguesa - Verbos - Séc.XV-XVII
Língua portuguesa - Variação
Issue Date: 2010
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Rodrigues, L. S.; Coan, M. (2010)
Abstract in Portuguese: Nesta dissertação, tratamos da gramaticalização do pretérito perfeito composto em Língua Portuguesa. Abordamos a mudança linguística, partindo da correlação forma(s)-função(ões) em dois eixos de análise: (i) o continnum de gramaticalização de ter/haver (pleno) + particípio adjetival > ter/haver (auxiliar) + particípio verbal e (ii) a variação linguística na codificação do tempo passado perfectivo anterior ao momento da fala. Duas abordagens teóricas embasam a pesquisa: o Funcionalismo linguístico, voltado à gramaticalização e a Teoria da Variação e Mudança Linguística, estabelecendo, dessa forma, um modelo sociofuncionalista de investigação. Para isso, utilizamos narrativas em prosa dos séculos XV, XVI e XVII, período de transição e fixação da Língua Portuguesa. No que concerne à gramaticalização, foram investigados os parâmetros de gramaticalização de Lehmann (2002[1985]) – Integridade, Paradigmaticidade, Variabilidade paradigmática, Escopo, Conexidade, Variabilidade sintagmática – a modalidade, o tempo em relação à referência e o tipo de verbo. No que diz respeito à variação, foram analisados a modalidade, o aspecto, a natureza semântica dos argumentos, o tipo de verbo, a referência temporal – textual e o período histórico. Desses fatores mostram-se relevantes para o condicionamento a relação entre tempo e referência, a natureza semântica do sujeito, o aspecto e o período histórico. Essa proposta se mostra relevante, porque, além de atestar o uso o pretérito perfeito composto ao longo da história da linguística do Português como as pesquisas anteriores sobre o tema, investiga os fatores que condicionaram a mudança de ter/haver + particípio passado sob a ótica sociofuncionalista.
Abstract: In this dissertation, we deal with the grammaticalization of past tense compound in Portuguese. We discuss linguistic change, based on the correlation form(s)-function(s) in two lines of analysis: (I) the grammaticalization continuum of to have/there to be (full) + adjectival participle > to have/there to be (auxiliary) + verb participle and (ii) the linguistic variation in coding the perfective past tense before the moment of speech. Two theoretical approaches base the research: the linguistic Functionalism, focused on grammaticalization, and the Theory of Linguistic Variation and Change, establishing thus a socio-functionalist research model. For this, we used narratives in prose from the XV, XVI and XVII centuries, Portuguese transition and fixation moment. Regarding grammaticalization, we investigated Lehmann’s (2002[1985]) grammaticalization parameters - Integrity, Paradigmaticity, Paradigmatic Variability, Scope, Bondedness, Syntagmatic Variability - modality, reference time and verb type. Regarding variation, we investigated modality, aspect, semantic nature of arguments, type of verb, time and textual reference and the historical moment. Out of these factors, the ones shown as relevant for conditioning were time and reference relation, semantic nature of the subject, aspect and historical moment. This proposal is relevant because, besides attesting the past tense compound use made throughout Portuguese history as previous research has done on the topic, it investigates the factors that condition to have/there to be + past participle change from the socio-functionalist viewpoint.
Description: RODRIGUES, Lorena da Silva. E tenho dito: a gramaticalização e a variação do pretérito perfeito composto em narrativas dos séculos XV a XVII. 2010. 132f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8856
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_dis_lsrodrigues.pdf809,47 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.