Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8757
Title in Portuguese: A modalidade deôntica na construção da persuasão em discursos políticos
Title: Deontic modality in political speech
Author: Menezes, Léia Cruz de
Advisor(s): Nogueira, Márcia Teixeira
Keywords: Deontic modality Political speech Functionalist theory
Modalidade(Lingüística)
Língua portuguesa - Modalidade
Persuasão(Retórica)
Discursos parlamentares - Brasil
Issue Date: 2006
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Menezes, L. C.; Nogueira, M. T. (2006)
Abstract in Portuguese: Objetivando analisar de que modo expressões lingüísticas da modalidade deôntica atuam no sentido de viabilizar a adesão do auditório a pontos de vista defendidos em discursos políticos, pesquisamos, sob o prisma da orientação funcionalista, quarenta e quatro discursos proferidos por Deputados Federais no plenário da Câmara por ocasião das discussões envolvendo a proposta de reforma no regime previdenciário dos servidores públicos, ao longo do primeiro semestre de 2003. Entendida como a modalidade relacionada à possibilidade ou necessidade de atos executados por agentes moralmente responsáveis, a modalidade deôntica foi analisada do ponto de vista sintático, semântico e pragmático. A pesquisa revelou a existência de uma relação entre pressão social sob os oradores e freqüência de uso de expressões deonticamente modalizadas, a saber, quanto maior a pressão em torno da aprovação/rejeição do projeto em tramitação, mais freqüentemente se valeram os parlamentares de expressões capazes de, entre outras funções, apresentá-los à opinião pública como autoridades dispostas a lutar pelos interesses da comunidade. Quanto aos meios lingüísticos de expressão da modalidade deôntica, constatamos a alta produtividade do verbo auxiliar modal, destacando-se o verbo dever na instauração de obrigações. Observamos também a elevada produtividade da exclusão do orador do alvo sobre o qual recai o valor deôntico instaurado. A predileção dos parlamentares por apresentarem-se à opinião pública como indivíduos que já arcaram com o ônus que lhes competia na execução de uma tarefa, ou por levar a audiência a crer que a competência para a realização de algo é de outrem, cabendo-lhes denunciar e cobrar, é justificada na medida em que essa estratégia revelou-se mecanismo de atenuação da pressão por parte do auditório sobre a figura do orador, transferindo expectativas e cobranças a outros indivíduos ou a instituições.
Abstract: The study aimed at investigating in which way linguistic expressions of the deontic modality act in a sense of making the audience’s participation possible in standpoints defended in political speeches and, thus, it was analyzed, under a functionalist theory, forty-four speeches delivered by Representatives at the Lower House of Congress. They discussed the reformation proposal on the welfare state along the first semester of the year 2003. Being understood as the modality related to the axis of the obligation, the deontic modality is, in the present research, as a whole, analyzed under the manifestation of syntactic, semantic and pragmatic-discourse aspects. The research revealed the existence of a relation between the reformation process’ stage, what is directly related to the social pressure over the politicians, and the usage frequency of deontic modalizator expressions. Concerning the linguistc means of the deontic modality expression, one could perceive a high production of the modal verb, standing out the verb “must” in the consolidation of obligations. One could also observe a high frequency of the lack of a target’s explicitation in which the deontic value was established as well as an exclusion strategy in relation to the target, when the latter was specified. The politicians’ preference for presenting themselves to the public as the ones who took the responsibilities in a task execution, or for making the audience believe that this responsiblity belongs to somebody else, weakens the audience’s pression over the politician’s figure, then transferring this responsibility to other individuals or to institutions. For these reasons, in general terms, one can observe the politicians’ preference for keeping some distance from the established deontic value’s incidence target.
Description: MENEZES, Léia Cruz de. A modalidade deôntica na construção da persuasão em discursos políticos. 2006. 186f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8757
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_dis_lcmenezes.pdf1,1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.