Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8755
Title in Portuguese: Leitura de hipertexto: estratégias metacognitivas usadas por leitores proficientes
Title: Literacies required in courses on-line: towards a redefinition of hypertextual literacy
Author: Pinheiro, Regina Cláudia
Advisor(s): Plantin, Rosemeire Selma Monteiro
Keywords: Hypertextual literacies
Literacy(ies)
Sistemas hipertexto – Fortaleza(CE)
Letramento – Fortaleza(CE)
Issue Date: 2005
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Pinheiro, R. C.; Plantin, R. S. M. (2005)
Abstract in Portuguese: Esta tese tem o objetivo de redefinir o conceito de letramento hipertextual, cunhado por Bolter (1998), visto que este não contempla mais as atuais práticas sociais mediadas por hipertexto. A base teórica que sustenta esta investigação acadêmica procede, principalmente, de Bolter (1998), Semali (2001), Soares (2002), Cavalcante Jr. (2003), Street (2003), Martin (2008), Barton (2009), Lemke (2010) e Pinheiro; Araújo (2012). A metodologia que tornou exequível o referido objetivo foi um estudo de caso sobre produção de material didático on-line que se destinava a cursos de graduação a distância da Universidade Federal do Ceará (UFC) em parceria com a Universidade Aberta do Brasil (UAB). Os sujeitos que participaram da pesquisa foram três professores conteudistas, responsáveis pelas disciplinas e pela elaboração do conteúdo didático que fica disponibilizado no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da UFC Virtual, e dois membros equipe de transição didática, uma das responsáveis pela hipertextualização do material. Os instrumentos e técnicas utilizados para construção dos dados foram: (i) entrevista semiestruturada com os sujeitos, (ii) acompanhamento da elaboração por parte dos professores, através da instalação de um programa no computador dos docentes que filma a tela com todos os seus movimentos e permite a gravação de voz, o que possibilitou que o professor realizasse uma espécie de protocolo verbal, e (iii) acompanhamento presencial do trabalho da equipe de transição didática, realizado por meio de um diário de bordo no qual fiz anotações sobre esse momento. Além disso, analisei o material elaborado em suas três versões: a elaboração do professor, a versão da equipe de transição didática e a versão final do material no ambiente web. A análise permite a conclusão de que os letramentos praticados pelos sujeitos da pesquisa podem ser categorizados em centrado na escrita, oral, visual, tecnológico, comunicacional e informacional, os quais se inter-relacionam e um ou outro pode se sobressair. Sendo assim, o conceito de letramento hipertextual a que chegamos se configura como práticas sociais mediadas por hipertexto, através das quais se pode identificar diversos tipos de letramentos que se harmonizam para a significação de sentidos.
Abstract: This thesis aims to redefine the concept of hypertextual literacy, coined by Bolter (1998), since this does not include the current social practices mediated by hypertext. The theoretical basis supporting this academic enterprise proceeds mainly Bolter (1998), Semali (2001), Soares (2002), Cavalcante Jr. (2003), Street (2003), Martin (2008), Barton (2009), Lemke (2010) and Pinheiro; Araújo (2012). The methodology which made feasible the aforementioned goal was the case study of the online pedagogical materials designed for undergraduate distance learning courses provided by Federal University of Ceará (UFC – Universidade Federal do Ceará) in partnership with Open University of Brazil (UAB – Universidade Aberta do Brasil). The subjects who participated in the research were the professors responsible for the discipline organization and for designing the curricular contents available for access on the Online Learning Environment (AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem) of Virtual UFC Institute, and team of professors, a part of the group responsible for the hypertextualisation process, whose work is to do the didactic transition. The instruments and techniques used to build the data were: (i) semi-structured interviews with the subjects, (ii) observing the development of materials by professors through a software that record all the operations on screen and the surrounding sounds, allowing professors to perform a verbal protocol, and (iii) monitoring the work of the group of didactic transition by means of a journal in which I’ve made notes about this moment. Furthermore, I analyzed the material produced in its three versions: the initial version designed by professors, then the one designed by the group of didactic transition, and the final version available on the online environment. The analysis leads to conclude that literacy practices developed by the subjects can be categorized into traditional, oral, visual, technological, communicational and informational, which are interrelated, and one or the other can stand out. Thus, we define the concept of hypertextual literacy as social practices mediated by hypertext, through which one can identify different types of literacies that jointly create the meaning.
Description: PINHEIRO, Regina Cláudia. Leitura de hipertexto: estratégias metacognitivas usadas por leitores proficientes. 2005. 144f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2005.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8755
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2005_dis_rcpinheiro.pdf1,22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.