Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8732
Title in Portuguese: As manifestações epistêmicas e evidenciais como marcas de (des)comprometimento em artigos científicos
Title: The epistemic and evidential manifestations as an expression of disengangement in cientific articles
Author: Timóteo, Lidianeiza de Moura
Advisor(s): Nogueira, Márcia Teixeira
Keywords: Evidentiality
Scientific article
Redação técnica
Funcionalismo (Linguística)
Língua portuguesa – Modalidade
Análise do discurso narrativo
Issue Date: 2011
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Timóteo, L. M.; Nogueira, M. T. (2011)
Abstract in Portuguese: Este trabalho tem como objetivo principal analisar as manifestações evidenciais e modais epistêmicas e sua relação com o grau de comprometimento do autor de artigos científicos com o conteúdo asseverado. Para a descrição e análise dos dados, adotamos a perspectiva funcionalista da linguagem. Nesta, a língua não é entendida como um objeto autônomo, mas como um sistema que sofre pressões da situação comunicativa. Dessa forma, a investigação realizada parte das expressões em uso, buscando entender o funcionamento da língua, pois é no uso que as expressões adquirem sentido. O corpus desta pesquisa é constituído por nove artigos científicos retirados de anais de encontros ocorridos na área de Linguística, no período de 2008 e 2009. Optamos pela análise da evidencialidade e da modalidade epistêmica como domínios funcionais marcadores do nível comprometimento do autor em artigos científicos por pressupormos que, em tal gênero, poderemos encontrar várias marcas dessas categorias utilizadas como estratégias de distanciamento, já que o autor desse tipo de texto busca maior objetividade, conforme prescrição dos manuais de metodologia científica, distanciando-se do conteúdo para garantir cientificidade ao seu trabalho. Coletamos 410 ocorrências que foram analisadas quanto aos aspectos sintáticos (meios de expressão e posição da marca evidencial no enunciado), semânticos (tipo de domínio e tipo de fonte da manifestação evidencial) e pragmáticos (grau de envolvimento do autor de artigos científicos com o conteúdo enunciado e presença de marcas explícitas de adesão). Os resultados obtidos comprovaram que a evidencialidade e a modalidade epistêmica são utilizadas em textos científicos para promover um efeito de médio comprometimento. Essa constatação revela que, o discurso científico é marcado pelo uso de expressões que “mascaram” a subjetividade do autor e evidenciam um comprometimento parcial dele com a verdade enunciada. Quanto aos meios de expressão utilizados, verificamos a preferência dos autores de artigos científicos pelo uso de manifestações evidenciais e modais epistêmicas expressas através de itens verbais. No gênero analisado, constatamos maior recorrência de evidencialidade reportada de fonte definida, com marca intercalada entre a fonte da informação e o conteúdo comunicado.
Abstract: This study aims at analyzing evidentiality and epistemic modality and their relationship with the level of engagement of a scientific article writer and the stated content. To the description and analysis of the data it is used the functional perspective on language, in which the language is not understood as an independent object, but as a system under the pressure of communicative situations. Thus, this investigation focuses on the expressions in use, trying to understand the functioning of the language, since it is through the use that the expressions acquire meaning. In order to make this research possible the corpus used is constituted by 9 scientific articles taken from Linguistics annals published within the years of 2008 and 2009. We have chosen the analysis of evidentiality and epistemic modality as functional domains which mark the level of engagement of a scientific article writer since we have as a presupposition that in such case, we may find several registers of these categories used as detachment strategies, considering that the author of this type of writing leads towards objectiveness as stipulated by manuals of scientific methodology, getting detached from the content to preserve the work scientific style. 410 occurrences have been collected and analyzed concerning synthetic (means of expressions and position of evidential marks in the statement), semantic (type of domain and source of the evidential manifestation), and pragmatic (level of commitment of a scientific article writer with the stated content, and the presence of explicit marks of adhesion) aspects. The results proved that evidentiality and epistemic modality are used in scientific texts to promote an effect of medium engagement, revealing that the scientific discourse is marked by the use of expressions that mask the author’s subjectivity and highlight their partial engagement with the established truth. Concerning the means of expressions used, we observed that scientific article writers prefer the use of evidential and epistemic modal manifestations expressed through verbal items. Regarding the analyzed genre, it has been found more occurrences related to the reported evidentiality from a definite source, with interspersed marks between the source of information and the established content.
Description: TIMÓTEO, Lidianeiza de Moura. As manifestações epistêmicas e evidenciais como marcas de (des)comprometimento em artigos científicos. 2011. 142f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8732
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_dis_lmtimoteo.pdf1,71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.