Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8225
Title in Portuguese: Efeitos da palatização das oclusivas alveolares do português brasileiro no percurso de construção do inglês língua estrangeira
Title: Brazilian Portuguese alveolar plosives palatalization effects and its influence on the construction of English as a Foreign Language
Author: Barboza, Clerton Luiz Felix Barboza
Advisor(s): Aragão, Maria do Socorro Silva de
Keywords: exemplar model
complex adaptive systems
Língua portuguesa – Palatalização
Língua inglesa – Estudo e ensino – Falantes estrangeiros
Língua inglesa – Fonologia
Issue Date: 2013
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Barboza, C. L. F. B.; Aragão, M. S. S. (2013)
Abstract in Portuguese: Este estudo teve por objetivo geral refletir sobre a palatalização das oclusivas alveolares /t, d/ → [tʃ, dʒ], característico de muitos falares do Português Brasileiro (PB), na construção da fonologia do Inglês Língua Estrangeira (ILE). Baseados nos preceitos da Fonologia de Uso (BYBEE, 2001), do Modelo de Exemplares (PIERREHUMBERT, 2001) e na visão de língua enquanto Sistema Adaptativo Complexo (LARSEN-FREEMAN; CAMERON, 2008), tivemos por hipótese básica que aprendizes brasileiros apresentam percursos diferenciados de construção da fonologia do ILE, a depender de seu falar regional. Este estudo foi uma pesquisa experimental, de cunho concomitantemente transversal-longitudinal. Selecionamos dois campos de pesquisa, Fortaleza-CE e Mossoró-RN, distintos quanto ao falar regional do PB, sendo o primeiro palatalizador das oclusivas alveolares e o segundo não-palatalizador. Os informantes foram controlados ainda quanto ao sexo e ao nível de proficiência no ILE. Selecionamos itens lexicais propícios à emergência da palatalização no PB e no ILE, buscando o controle da frequência de ocorrência, do contexto fonotático e da tonicidade silábica. Fizemos uso de 5 Experimentos de coletas de dados. No PB, P1 envolveu uma conversa sobre algumas figuras, enquanto P2 utilizou a leitura de diversas frases-veículo. No ILE, I1 envolveu a repetição de áudio distorcido associado a algumas figuras, I2 utilizou a leitura de diversas frases-veículo e I3 usou um jogo da memória em sua aplicação. Os resultados do estudo transversal envolvendo a emergência da palatalização das oclusivas alveolares do PB enfatizaram o caráter não-categórico de fenômeno em ambas as regiões: a palatalização foi observada no falar do RN, e oclusivas alveolares não-palatalizadas foram observadas no falar do CE. A análise dos dados transversais do ILE apontou: a) a variável origem como fator importante para determinar a maior ou menor emergência da palatalização, aprendizes do CE tenderam a uma maior palatalização; b) o tipo de vozeamento da oclusiva alveolar, com as desvozeadas mais propensas à palatalização; c) o indivíduo, sujeitos da mesma região e nível de proficiência realizaram o fenômeno de forma distinta, d) a palavra, itens lexicais com a mesma sequência fonotática apresentaram comportamentos divergentes; e e) o tipo fonotático, alguns tipos apresentaram percentuais semelhantes na realização da palatalização em ambas as regiões. Algumas variáveis mostraram influência relativa na realização do fenômeno, como o sexo, o nível de proficiência e a tonicidade silábica. Por fim, a frequência de ocorrência dos itens lexicais mostrou-se irrelevante na análise de dados transversais do ILE. Em se tratando dos resultados do estudo longitudinal, observamos que os informantes do RN tenderam a uma pequena realização do Índice de Palatalização (IP) com o passar das coletas de dados longitudinais. Os informantes do CE presentaram comportamentos distintos. FM1 apresentou grande variação em sua realização do IP, com palatalização mais alta que os informantes do RN. FM3 apresentou uma realização relativamente estável de seu IP individual, com forte palatalização, bem mais recorrente que seus colegas. Os dados do estudo longitudinal reforçaram a relevância de variáveis como a origem, o indivíduo e a palavra na emergência da palatalização no ILE de aprendizes brasileiros. Adicionalmente, durante o período de coleta de dados longitudinais não encontramos indícios significativos de redução do IP no ILE com o desenrolar das coletas de dados longitudinais. Tendo em vista tais evidências, tomamos por confirmada a hipótese básica que aprendizes brasileiros apresentam percursos diferenciados de construção da fonologia do ILE, a depender de seu falar regional.
Abstract: This study had as its main objective to reflect upon alveolar stop palatalization /t, d/ → [tʃ, dʒ] phenomenon, characteristic of many Brazilian Portuguese (BP) dialects, in the construction of the English as a Foreign Language (EFL) phonology. Grounded on the ideas proposed by Usage-Based Phonology (BYBEE, 2001), Exemplar Models (PIERREHUMBERT, 2001), as well as on the view of language as a Complex Adaptive System (LARSEN-FREEMAN; CAMERON, 2008), the basic hypothesis stated Brazilian EFL learners follow different construction pathways of the EFL phonology, depending on their regional dialect. This was an experimental research, following both a cross-sectional and longitudinal design. It had two research fields, Fortaleza-CE and Mossoró-RN, which differed on their BP dialect, the former a palatalizing dialect and the latter a non-palatalizing one. Subjects were also controlled by sex and EFL proficiency level. Lexical items which were susceptible to palatalization in both BP and EFL were selected, aiming to control token frequency, phonotactics and syllable stress. 5 experiments were used to collect data. For BP, P1 involved a picture-induced conversation, while P2 used a carrier-sentence reading procedure. For EFL, I1 involved the repetition of distorted audio tokens associated to pictures, I2 used a carrier-sentence reading procedure and I3 focused on a memory game. BP cross-sectional results relating to the emergence of palatalization in both regions emphasized non-categorical realization of the phenomenon: palatalized tokens were observed in RN and non-palatalized ones were found in CE. EFL cross-sectional data analysis indicated: a) the variable origin as an important factor of bigger or smaller palatalization emergence, as CE learners consistently tended to higher palatalization levels; b) the alveolar stop voicing pattern, as voiceless sounds tended to palatalize more frequently; c) the individual, as subjects from the same area and proficiency level realized the phenomenon with different patterns; d) the word, as lexical items with the same phonotactic structure allowed higher or smaller palatalization emergence; and e)phonotactic structure, as a few words allowed similar palatalization emergence in both study regions. Some variables were not so relevant for the emergence of the phenomenon, like sex, proficiency level and syllable stress. Finally, token frequency was not relevant at all in the EFL cross-sectional data. As regards longitudinal results, it was observed RN subjects tended to a low Palatalization Index (PI) as longitudinal data collection took place. CE subjects had distinct behavior. FM1 had great variation on his PI, with higher PI values than RN informants. FM3 had a relatively stable PI realization, with the highest palatalization level. Longitudinal data reinforced the value of variables such as the origin, the individual and the word on the emergence of EFL palatalization of Brazilian learners. Additionally, significant PI reduction during longitudinal data collection was not observed. Having these evidences in mind, it was concluded Brazilian learners follow through different EFL phonology construction pathways, depending on their regional dialect.
Description: BARBOZA, Clerton Luiz Felix. Efeitos da palatização das oclusivas alveolares do português brasileiro no percurso de construção do inglês língua estrangeira. 2013. 265f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8225
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGL - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_tese_clfbarboza.pdf6,22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.