Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8123
Title in Portuguese: Avaliação de desempenho de um aerogerador em escala com perfil aerodinâmico NACA 63425, através de simulação computacional e testes de campo
Author: Maia, Igor Albuquerque
Lopes, Alberto dos Santos
Silveira, João Victor Pinto da
Andrade, Carla Freitas de
Carvalho Filho, Clodoaldo de Oliveira
Keywords: Aerogerador
Modelos de turbulência
ANSYS-CFX
Curvas de desempenho
Issue Date: 2010
Publisher: CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA, VI
Citation: MAIA, Igor Albuquerque; LOPES, Alberto dos Santos; SILVEIRA, João Victor Pinto da; ANDRADE, Carla Freitas de; CARVALHO FILHO, Clodoaldo de Oliveira. Avaliação de desempenho de um aerogerador em escala com perfil aerodinâmico NACA 63425, através de simulação computacional e testes de campo In: CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA, 6, 2010, Campina Grande (Pb), 2010. Anais... Campina Grande, 2010.
Abstract in Portuguese: Este trabalho consistiu na avaliação de desempenho de um aerogerador em escala com perfil aerodinâmico NACA 63425, através de simulação computacional do escoamento e de testes de campo para obtenção das curvas de potência do aerogerador e posterior comparação das curvas obtidas através de ambas as abordagens. O afilamento e a torção das pás do aerogerador foram calculados através da Teoria do Momento do Elemento de Pá (BEM). As simulações foram feitas utilizando-se o pacote de fluidodinâmica ANSYS-CFX, que tem como ferramentas a geração da malha, a solução do escoamento e o pós-processamento. O escoamento foi avaliado de acordo com dois modelos de turbulência distintos: o k- e e o k-w SST. Para cada modelo de turbulência, as velocidades específicas na ponta da pá simulada assumiram os seguintes valores: 0, 3, 5 e 7, enquanto as velocidades do vento assumiram os valores de 4, 6, 8 e 10m/s. Os testes realizados em campo consistiram em fazer com que o aerogerador erguesse uma determinada massa até uma altura predeterminada, e, nesse período, mediu-se a rotação do eixo a partir da velocidade de subida da massa. Com a rotação do eixo e o torque gerado para erguer a massa, obteve-se a potência mecânica necessária para o levantamento das curvas de desempenho.As curvas de desempenho geradas na simulação para cada modelo de turbulência foram comparadas com os resultados obtidos nos testes de campo, e, através desta comparação, foi possível observar que o uso de ferramentas numéricas deve ser realizado com bastante cautela, tendo em mente suas possíveis limitações, principalmente em casos tridimensionais de geometria complexa. O presente trabalho foi realizado com o apoio da CAPES/PNPD.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8123
ISSN: 2178-180X
Appears in Collections:DEME - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_art_mia.pdf336,11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.