Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8000
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCruz, Sílvia Helena Vieira-
dc.contributor.authorLeite, Maria Ilnair Martins-
dc.date.accessioned2014-05-07T15:03:40Z-
dc.date.available2014-05-07T15:03:40Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.citationLEITE, Maria Ilnair Martins. A formação continuada na perspectiva das coordenadoras pedagógicas de creches municipais de Fortaleza. 2013. 106f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2013.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8000-
dc.description.abstractThe objective of this study was to analyze daycare educational coordinators’ opinions about the continuous training offered by the Municipal Education Department of Fortaleza (MED) between 2008 and 2012. This study is based upon theories by Giroux (1992, 1997), Nóvoa (1997), Oliveira-Formosinho (2001, 2002, 2011), Wallon (1981, 1989) and Zeichner (1993, 1997). The methodology consisted of eight interviews with daycare educational coordinators of the municipal educational system of Fortaleza, who also discussed their opinions about the professional life, continuous training and the role these professionals play as educators in daycare centers, and two interviews with MED educational technicians about the continuous training. Analyses have shown that, overall, the educational coordinators value the continuous training, but point out several flaws, especially where it pertains to training content (because they don’t participate in content decisions and because practical matters aren’t deeply discussed) and the trainers themselves (who are mostly based on theories and need more practical information). Most educational coordinators recognize that the role as continuous training professionals is important, but there is some tension between that need and the lack of specific training and experience in the area. It’s possible to conclude that the objectives of the daycare educational coordinators’ continuous training need to be revised, considering that they not only need to articulate, but also internalize and transform the knowledge in daycare routine; in order to do that, their points of view on important themes must be considered, and trainers need to have deeper knowledge and more experience in childhood education.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherwww.teses.ufc.brpt_BR
dc.subjectContinuous Trainingpt_BR
dc.subjectEducational Coordinatorspt_BR
dc.subjectProfessores de educação pré-escolar – Formação – Fortaleza(CE) – 2008-2012pt_BR
dc.subjectProfessores – Educação (Educação permanente) – Fortaleza(CE) – 2008-2012pt_BR
dc.subjectProfessores de educação pré-escolar – Atitudes – Fortaleza(CE) – 2008-2012pt_BR
dc.titleA formação continuada na perspectiva das coordenadoras pedagógicas de creches municipais de Fortalezapt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.description.abstract-ptbrEste estudo teve como objetivo analisar qual a compreensão das coordenadoras pedagógicas de creche sobre a formação continuada que lhes foi oportunizada pela Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza (SME) entre os anos de 2008 a 2012. As bases teóricas que sustentaram esse estudo foram compostas principalmente nas contribuições de Giroux (1992, 1997), Nóvoa (1997), Oliveira-Formosinho (2001, 2002, 2011), Wallon (1981, 1989) e Zeichner (1993, 1997). A metodologia constou de oito entrevistas realizadas com coordenadoras pedagógicas de creche da rede municipal de educação de Fortaleza, que versaram também sobre a compreensão delas acerca da vida profissional, formação continuada e do papel destas profissionais como formadoras nas creches, e entrevistas com duas técnicas em educação da SME sobre as formações continuadas. As análises mostraram que, de modo geral, as coordenadoras pedagógicas valorizam a formação continuada, mas apontam muitas falhas, principalmente no que diz respeito aos conteúdos das formações (por não participarem das decisões sobre isso e pelo pouco aprofundamento nas questões da prática) e aos próprios formadores (apoiam-se somente em teorias e carecem de maior articulação com as práticas). Quanto ao papel como articuladora das formações continuadas nas creches, a maioria das coordenadoras pedagógicas reconhece ser essa uma importante atribuição, mas predomina entre elas uma tensão entre esta necessidade e a falta de uma formação específica e experiência na área. É possível concluir que os objetivos da formação continuada para coordenadoras pedagógicas de creche precisam ser revistos, considerando que estas precisam não só articular, mas se apropriar e transformar os saberes no cotidiano da creches; para tanto, seus pontos de vistas acerca dos temas a ser tratados precisam ser considerados e os formadores necessitam ter conhecimentos mais aprofundados e ter mais experiência na área da Educação Infantil.pt_BR
dc.title.enDaycare educational coordinators’ opinions about the continuous training offered by the municipal education department of Fortalezapt_BR
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_dis_mimleite.pdf321,62 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.